Quero morar sozinha. E agora?

Redação Tarobá News
Bem-estar | Publicado em 30/10/2019 às 14:21

Divulgação

O desejo de sair da casa dos pais é crescente entre jovens a partir dos 18 anos. A sensação de liberdade e a possibilidade de ter uma independência financeira e pessoal são alguns dos principais motivos para essa mudança. Apesar da euforia e de todos os benefícios que essa decisão implica, nada é tão fácil quanto parece, e é importante considerar alguns aspectos para não se iludir com algo que, à primeira vista, pode parecer simples.

Além de refletir sobre a privacidade que você terá em uma casa só para você e na liberdade proporcionada, também pense nas obrigações que estão nesse pacote. Alimentação, higiene e limpeza doméstica são algumas questões que nem sempre são levadas em conta quando se pretende morar sozinha. É, portanto, um desafio administrar todos esses afazeres por conta própria.

É necessário considerar, por exemplo, se todas as pendências financeiras serão custeadas apenas por você ou se a família dará algum auxílio no início. No primeiro caso, é preciso fazer as contas dos gastos fixos e variáveis mensais, ou seja, aquilo que sempre terá o mesmo valor ou outros produtos e serviços cujos preços pode variar ao longo dos meses.

Se a mudança de moradia estiver relacionada a um novo trabalho ou estudo, o tempo será ainda mais escasso. Tarefas domésticas, como lavar roupas e limpar a casa, terão que ser realizadas em períodos curtos de tempo ou tarde da noite, se não houver a possibilidade de contratar uma pessoa para se encarregar de parte desses serviços.

Depois de fazer todas as contas e tomar a decisão de se mudar, ainda é fundamental passar por algumas etapas. A primeira delas é o planejamento. Mudar sem se organizar financeiramente ou em relação a outras tarefas do cotidiano pode provocar frustrações e problemas desnecessários. Portanto, a dica essencial para você morar sozinha é colocar na ponta do lápis tudo o que for necessário para essa mudança, como orçamento disponível e despesas.

Uma das etapas do planejamento é procurar um apartamento para alugar ou comprar. Posteriormente, quando já tiver um local, foque no que você mais precisa, e não no que seria um plus. Por exemplo: você precisa mais de uma geladeira ou de uma TV? Para algumas pessoas, será necessário escolher entre um equipamento e um eletrodoméstico em detrimento de outros aparelhos ou utensílios.

A organização e a limpeza, como já foi dito, também é importante. Quando você mora sozinha, tudo o que deixar ficará exatamente no mesmo lugar, incluindo roupas e louças sujas. Não deixar acumular tarefas domésticas, nesse sentido, é fundamental. Manter o ambiente sem objetos no meio do caminho e espalhados pela casa também é importante. Quanto menos elementos fora do lugar, menos estresse e mais tranquilidade.



Relacionados

Bem-estar | 30-10-2019 15:13

Salto alto em crianças? Conheça os riscos físicos e psicológicos

Salto alto em crianças? Conheça os riscos físicos e psicológicos

Bem-estar | 28-10-2019 20:18

É mesmo boa ideia usar o saque do FGTS para aproveitar a Black Friday?

É mesmo boa ideia usar o saque do FGTS para aproveitar a Black Friday?

Bem-estar | 23-10-2019 08:17

Como montar uma mochila funcional para viagens curtas

Como montar uma mochila funcional para viagens curtas

Bem-estar | 23-10-2019 08:16

Conheça os sete tipos de hospedagem determinados pelo Ministério do Turismo

Conheça os sete tipos de hospedagem determinados pelo Ministério do Turismo

PUBLICIDADE