Atual campeão, Liverpool vacila fora e estreia com derrota na Liga dos Campeões

Estadão Conteúdo
Futebol | Publicado em 17/09/2019 às 18:20

Atual campeão da Liga dos Campeões, o Liverpool estreou com derrota nesta terça-feira na principal competição de clubes do mundo. O time inglês foi batido pelo Napoli por 2 a 0, em solo italiano, na abertura do Grupo E, que teve também a goleada do Salzburg sobre o Genk por 6 a 2.

Com o resultado, o Napoli desponta na segunda colocação da chave, atrás apenas do time austríaco, que lidera por ter maior saldo de gols. Também repete o triunfo sobre o mesmo Liverpool, também pela fase de grupos, na temporada passada - na ocasião, venceu por 1 a 0.

Driens Mertens marcou o primeiro gol da partida aos 36 minutos da etapa final, em cobrança de pênalti duvidoso. E Llorente anotou o segundo, já nos acréscimos, após vacilada geral da defesa inglesa, que contou com o volante brasileiro Fabinho entre os titulares. O goleiro Alisson segue fora, recuperando-se de lesão. Pelo lado do Napoli, Allan foi titular.

Mas o principal destaque da equipe italiana foi o zagueiro senegalês Kalidou Koulibaly, que neutralizou as principais jogadas ofensivas do ataque liderado por Salah, Mané e Roberto Firmino.

O jogo no estádio San Paolo começou com tentativa de pressão do Napoli, acelerando o duelo nos primeiros minutos. Surpreendentemente recuado, o Liverpool conteve as investidas italianas e passou a equilibrar o jogo a partir dos 20 minutos.

O time da casa chegou a balançar as redes aos seis minutos, após uma sequência de boas defesas de Adrian. Mas o árbitro anulou o lance por impedimento. O Liverpool respondeu aos 20, em finalização de Mané quase da pequena área. O goleiro Alex Meret fez grande defesa. Antes do apito final, num primeiro tempo morno, Firmino cabeceou com perigo, sem marcação, rente à trave esquerda de Meret.

No segundo tempo, o Liverpool passou a jogar mais solto e, aos 9, Mané desperdiçou grande contra-ataque ao errar passe para Salah, que estava livre para completar para o gol. Salah teve outra oportunidade aos 19, quando encheu o pé da esquerda e Meret fez bela defesa.

Na sequência, Jürgen Klopp colocou em campo o volante Wijnaldum. Com a entrada do holandês, o Liverpool ficou com quase a mesma escalação da final da última Liga, com exceção do goleiro Alisson.

O bom entrosamento do grupo, contudo, não evitou a derrota. Aos 35, Robertson se enroscou com Callejon e o juiz anotou o pênalti duvidoso, que não chegou a ser revisado pelo VAR. Na cobrança, Mertens mandou no canto direito de Adrian, que chegou a encostar na bola, sem evitar o gol.

Nos acréscimos, com uma postura mais confiante e ofensiva, o Napoli chegou ao segundo gol. Mertens, maior destaque do ataque italiano, investiu pela direita e a bola sobrou para Llorente, que aproveitou descuido da defesa inglesa e bateu com facilidade para as redes, selando a vitória dos anfitriões.

Em Salzburgo, o time da casa não tomou conhecimento do Genk e goleou o adversário belga por 6 a 2. O grande destaque do confronto foi o Erling Braut Haaland, autor de três gols. Hee-Chan Hwang, Dominik Szoboszlai e Andreas Ulmer anotaram os demais gols dos austríacos.

Na próxima rodada do Grupo E, o Liverpool vai receber o Salzburg no dia 2 de outubro, no Anfield. No mesmo dia, o Napoli visitará o Genk.



Relacionados

Londrina | 18-10-2019 21:31

LEC faz 1 a 0 contra o Vitória; siga lance a lance

LEC faz 1 a 0 contra o Vitória; siga lance a lance

Futebol | 18-10-2019 21:05

Confiante, Mancini projeta permanência no Atlético-MG: 'Quero estar aqui em 2020'

Confiante, Mancini projeta permanência no Atlético-MG: 'Quero estar aqui em 2020'

Futebol | 18-10-2019 19:00

Sem Neymar e Cavani, PSG goleia Nice com 2 de Di María e dispara na liderança

Sem Neymar e Cavani, PSG goleia Nice com 2 de Di María e dispara na liderança

Futebol | 18-10-2019 17:35

Rodrigo Caio exalta força do elenco do Flamengo, mas lamenta calendário 'difícil'

Rodrigo Caio exalta força do elenco do Flamengo, mas lamenta calendário 'difícil'

PUBLICIDADE