Guerrero promete Inter com 'faca nos dentes' e se diz 'iluminado' por nova final

Estadão Conteúdo
Futebol | Publicado em 17/09/2019 às 20:00

Foto: RICARDO DUARTE/INTERNACIONAL/DIVULGAÇÃO/JC

Um dos principais destaques da última Copa América, Paolo Guerrero teve papel decisivo na campanha que levou a seleção peruana ao vice-campeonato da competição realizada em solo brasileiro. Agora, porém, o atacante não quer nem pensar na possibilidade de cair em uma nova decisão, desta vez com a camisa do Internacional, que nesta quarta-feira recebe o Athletico-PR às 21h30, no Beira-Rio, no confronto de volta da final da Copa do Brasil.

No início da noite desta terça-feira, o artilheiro concedeu entrevista coletiva no estádio ao lado da taça da Copa do Brasil e também do troféu de melhor jogador da competição que serão entregues após a finalíssima. E ao projetar este duelo de volta, o jogador exibiu bastante ansiedade para entrar em campo para atuar e conseguir ajudar o clube gaúcho a reverter a vantagem de 1 a 0 conquistada pela equipe paranaense na partida de ida, na semana passada, em Curitiba.

"Para nós, esse jogo é uma revanche. A gente não queria ter perdido, mas infelizmente perdemos, mas aqui em casa temos a oportunidade de virar. Essa é a única coisa que a gente quer. A gente está muito ansioso para jogar. Estamos confiantes, com muita vontade e com a faca entre os dentes, com certeza", avisou Guerrero.

E o atacante também disse que o simples fato de estar disputando a sua segunda final em um intervalo curto de tempo é uma bênção para quem anteriormente ficou vários meses afastado dos gramados após ser suspenso por causa de envolvimento em um caso de doping.

"Esse ano para mim é iluminado depois de tudo o que passei. Acabei de jogar uma final da Copa América, vou jogar mais uma final agora, e eu me sinto muito feliz por estar passando por isso. Mas ainda faltam mais 90 minutos, e estamos muito focados neste jogo", destacou o peruano, para depois enfatizar: "Vai ser importante ganhar algo esse ano".

Já ao ser questionado sobre o valor que este título da Copa do Brasil teria para ele, Guerrero lembrou do início de sua trajetória pelo time gaúcho e respondeu: "Representa muito, desde o dia em que cheguei ao Inter eu cheguei pensando que iria ser lindo jogar aqui, jogar em um estádio tão bonito, com essa torcida linda que a gente tem. Nas vezes em que tinha jogado antes (por Corinthians e Flamengo, seus ex-times), sempre gostei de jogar no Beira-Rio, porque tem um campo muito bom, para mim um dos melhores do Brasil".

Nesta temporada, o Inter foi vice-campeão gaúcho ao cair diante do Grêmio na decisão e depois acabou sendo eliminado pelo Flamengo nas quartas de final da Copa Libertadores. E a conquista da Copa do Brasil é neste momento a possibilidade de título mais palpável para a equipe, que hoje ocupa a quarta posição do Campeonato Brasileiro, com 33 pontos, nove atrás dos flamenguistas, líderes da competição.

Com 13 gols em 24 jogos disputados, Guerrero é o maior artilheiro do Inter no ano, sendo que também ocupa o topo da lista de goleadores desta Copa do Brasil, com cinco bolas na rede, ao lado de Luciano, do Fluminense, e Wesley, do Santa Cruz. Desta forma, ele tem motivos de sobra para estar confiante na conquista do título nesta quarta. "Não é surpresa que a gente é muito forte aqui em casa. Todo o adversário que vem aqui no Beira-Rio sofre. Amanhã (quarta-feira) vai ser jogo com muito mais confiança, mais decisão. A gente virá diferente. Vai ser o grande dia para nós", aposta o peruano.

TREINO - O elenco colorado fechou a sua preparação com um treino fechado na tarde desta terça-feira no Beira-Rio. Mas a tendência é a de que o técnico Odair Hellmann repita a mesma formação titular que entrou jogando na partida de ida da decisão, com Marcelo Lomba; Bruno, Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta e Uendel; Rodrigo Lindoso, Edenílson, Patrick, D'Alessandro e Nico López; Paolo Guerrero. D'Alessandro chegou a reclamar de um incômodo muscular em um treino no domingo, mas foi relacionado para o confronto e deverá ser confirmado na equipe.



Relacionados

Londrina | 18-10-2019 21:31

LEC faz 1 a 0 contra o Vitória; siga lance a lance

LEC faz 1 a 0 contra o Vitória; siga lance a lance

Futebol | 18-10-2019 21:05

Confiante, Mancini projeta permanência no Atlético-MG: 'Quero estar aqui em 2020'

Confiante, Mancini projeta permanência no Atlético-MG: 'Quero estar aqui em 2020'

Futebol | 18-10-2019 19:00

Sem Neymar e Cavani, PSG goleia Nice com 2 de Di María e dispara na liderança

Sem Neymar e Cavani, PSG goleia Nice com 2 de Di María e dispara na liderança

Futebol | 18-10-2019 17:35

Rodrigo Caio exalta força do elenco do Flamengo, mas lamenta calendário 'difícil'

Rodrigo Caio exalta força do elenco do Flamengo, mas lamenta calendário 'difícil'

PUBLICIDADE