Primeira etapa regional dos Jogos Escolares, classifica 32 equipes

Redação Tarobá News
Jogos | Publicado em 01/09/2019 às 13:05

As delegações dos oito estados participantes da etapa Regional Amarela dos Jogos Escolares da Juventude 2019 desembarcam em Cascavel (PR) nesta segunda-feira, dia 2. A partir de terça, oito quadras da cidade paranaense vão ferver com as emoções dos jogos de basquete, futsal, handebol e vôlei, a partir das 8h15, sempre com entrada franca. As tabelas dos 16 torneios dos quatro esportes coletivos – masculino e feminino e nas categorias 12 a 14 anos e 15 a 17 anos –, foram definidas na noite deste sábado, dia 31.

Campeões e vice-campeões conquistam vaga para a etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude, em novembro, em Blumenau (SC). Confira a programação: https://www.cob.org.br/pt/jogos-escolares/o-evento/programa-de-competicao.

“A Regional Amarela é a menor etapa classificatória por ter oito estados participantes e mais equipes já garantidas previamente. Os cinco primeiros colocados do ano passado mais o campeão estadual de Santa Catarina, sede do evento, estão pré-classificados para a etapa nacional, que contará com 12 equipes em cada torneio. Assim, cada uma das três etapas regionais classifica mais duas equipes”, explicou o coordenador geral dos Jogos Escolares da Juventude, André Mattos. Nesse ano, tanto o Regional Verde (Estados do Norte mais Distrito Federal e Mato Grosso), quanto o Azul (Nordeste), contemplam nove estados cada.

Participam da Regional Amarela os campeões estaduais do Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo. A delegação paulista é a menor de todas, com apenas 25 integrantes. Com 14 equipes já classificadas para a etapa nacional, São Paulo será representado pelo Colégio Amorim no handebol masculino juvenil (15 a 17 anos), equipe que conta com Davi Langaro, irmão de Haniel Langaro, um dos maiores expoentes da modalidade no país, e pela Escola Municipal Professora Anna dos Reis Signorini no futsal feminino mirim (12 a 14 anos).

Goiás é a maior delegação com 174 integrantes. O estado não tem nenhuma equipe pré-classificada e vai disputar vaga nos 16 torneios. Já o Mato Grosso do Sul é a segunda maior delegação com 163 pessoas. A única equipe do estado classificada para a etapa nacional é o futsal feminino mirim. A delegação do Paraná, que disputa a Regional Amarela em casa, conta com uma delegação de 106 pessoas. Espírito Santo com 103 pessoas, entre atletas, técnicos e oficiais, Minas Gerais com 110, Rio de Janeiro com 73 e Rio Grande do Sul com 80 completam essa relação.

Os quatro torneios de basquete serão disputados no Instituto Federal do Paraná e no ginásio da Unopar. O futsal será no Ginásio Sérgio Mauro Festugatto, que fica dentro do Complexo Esportivo Ciro Nardi, e no CIE Alice Martelli. Os confrontos do handebol e do vôlei serão realizados em quatro quadras do Centro Universitário da Fundação Assis Gurcacz (FAG). A entrada é franca. 

Organizado há 15 anos pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), os Jogos Escolares reúnem, em um clima de interação, respeito e amizade, mais de 6.000 alunos-atletas, de 12 a 17 anos e, desde o ano passado, têm um novo formato, com três etapas regionais e uma nacional. Somando-se às seletivas municipais e estaduais, os Jogos Escolares da Juventude movimentam todos os anos mais de 2 milhões de jovens de 40 mil escolas públicas e privadas de quase 4 mil municípios.

Os Jogos Escolares já revelaram vários atletas para o alto rendimento, como a campeã olímpica Sarah Menezes e a campeã mundial Mayra Aguiar, ambas do judô. Além delas, nomes como Hugo Calderano (tênis de mesa), Raulzinho (basquete), Etiene Medeiros (natação), Rosângela Santos (atletismo), que integraram o Time Brasil nos Jogos Olímpicos Rio 2016, deram seus primeiros passos no esporte nos Jogos Escolares. Nos Jogos Pan-americanos Lima 2019, 59 atletas da delegação brasileira tiveram passagem pelos Jogos Escolares.

Com um viés educacional, os Jogos Escolares estão cada vez mais próximos de outro programa do COB, o Transforma, que promove os Valores Olímpicos. O projeto possui duas frentes: uma destinada à formação de professores, que devem criar novas maneiras de ensinar e desenvolver as habilidades socioemocionais dos alunos; e outra com atividades educativas a crianças e jovens. Durante a etapa nacional, estão previstas também ações educativas no Centro de Convivência do evento, com crianças de escolas públicas municipais. Já em Cascavel e em Palmas, durante as etapas regionais, haverá a entrega de diplomas aos professores que passaram por uma capacitação online.


COB.ORG




Relacionados

Londrina | 30-09-2019 17:30

Londrina fica em 2º lugar nos Jogos da Juventude

Londrina fica em 2º lugar nos Jogos da Juventude

Jogos | 29-09-2019 07:35

Estreias de novos esportes no programa olímpico dão impulso ao Brasil em Tóquio

Estreias de novos esportes no programa olímpico dão impulso ao Brasil em Tóquio

Foz do Iguaçu | 28-09-2019 12:36

Iniciam jogos de aventura e da natureza em Foz do Iguaçu

Iniciam jogos de aventura e da natureza em Foz do Iguaçu

Jogos | 27-09-2019 16:58

Copa dos Refugiados e Migrantes é lançada pelo Governo do Estado

Copa dos Refugiados e Migrantes é lançada pelo Governo do Estado