Paralisação parcial dos Correios é suspensa

Estadão Conteúdo
Brasil | Publicado em 17/09/2019 às 23:30

A paralisação parcial dos Correios foi suspensa na noite desta terça-feira, 17, a partir das 22 horas. A decisão, segundo a empresa, foi tomada por empregados em assembleias realizadas pelo País em cumprimento a uma determinação do Tribunal Superior do Trabalho (TST).

"Essa foi a condição para que os Correios aceitassem a proposta do TST de manter as cláusulas do Acordo Coletivo de Trabalho 2018/2019 até o dia 2 de outubro, data do julgamento do dissídio coletivo pelo colegiado do Tribunal", informou os Correios em nota.

De acordo com a empresa, foram tomadas medidas como o deslocamento de empregados administrativos para auxiliar na operação e a realização de mutirões nos fins de semana para que o fluxo postal seja regularizado o mais rápido possível. "As ações contingenciais continuarão a ser empregadas até que as entregas sejam normalizadas", de acordo com a estatal.



Relacionados

Brasil | 22-01-2020 18:10

MPF recebe queixas sobre erros nas notas do Enem

MPF recebe queixas sobre erros nas notas do Enem

Brasil | 22-01-2020 13:36

Coordenador de fronteiras não crê que fugitivos do Paraguai estejam no Brasil

Coordenador de fronteiras não crê que fugitivos do Paraguai estejam no Brasil

Brasil | 22-01-2020 07:45

Diagnóstico de febre hemorrágica foi feito graças a novo teste laboratorial

Diagnóstico de febre hemorrágica foi feito graças a novo teste laboratorial

Brasil | 21-01-2020 21:18

Trabalhadores irão receber seguro-desemprego até esta quarta-feira

Trabalhadores irão receber seguro-desemprego até esta quarta-feira