Falta de medicamentos em UBS e Farmácia Básica tem causado transtornos

Redação Tarobá News
Ciência e saúde | Publicado em 24/08/2019 às 12:17

Alguns medicamentos estão em falta nas Farmácias Básicas e nas Unidades de Saúde em Cascavel. 

Uma moradora da cidade entrou em contato com a nossa equipe de jornalismo pra reclamar dessa situação. Segundo ela, desde o dia 13 não estava conseguindo remédios na Farmácia Básica e nas Unidades.

Os medicamentos são amoxicilina, dipirona, albendazol e prednisolona. Ela precisou comprar alguns medicamentos pra dar ao filho de 4 anos que está com pneumonia


NOTA SECRETARIA DE SAÚDE

Diante dessa situação nós entramos com a Secretaria de Saúde de Cascavel e fomos informados que atualmente 13 medicamentos estão em falta na Central de Abastecimentos Farmacêuticos e Insumos.  São dois os fatores principais que levaram a isso: a demora no processo de licitação emergencial e o atraso na renovação do contrato com o Governo do Estado com o Consórcio Paraná Saúde para aquisição de medicamentos pelos municípios com recursos Estadual e Federal.

Isso atrasou em dois meses a compra que seria efetuada pelas prefeituras. Porém, ambas as questões já foram solucionadas e todas as compras já foram efetuadas, sendo que nos próximos 10 a 15 dias, todo estoque deve estar regularizado com condições suficientes de suportar a demanda da população de Cascavel até a realização do novo processo licitatório que já está em tramitação. 




Relacionados

Londrina | 14-09-2019 09:10

HU fará atividades em comemoração ao Setembro Verde

HU fará atividades em comemoração ao Setembro Verde

Curitiba | 13-09-2019 19:22

Evento discute ações judiciais para remédios não distribuídos pelo SUS

Evento discute ações judiciais para remédios não distribuídos pelo SUS

Curitiba | 13-09-2019 09:51

Paraná isenta ICMS de medicamento de alto custo

Paraná isenta ICMS de medicamento de alto custo

Londrina | 13-09-2019 08:32

Dengue avança e Londrina registra mais 38 casos em uma semana

Dengue avança e Londrina registra mais 38 casos em uma semana

PUBLICIDADE