Candidatos pedem na justiça anulação da eleição do Conselho Tutelar de Londrina

Redação Tarobá News
Cotidiano | Publicado em 11/10/2019 às 22:24

Candidatos que concorreram ao cargo de conselheiros tutelares no último domingo (6) entraram com uma ação na justiça coletiva pedindo a anulação da eleição. Eles denunciam boca de urna e transporte de eleitores. O caso já chegou também ao Ministério Público (MP). 

As denúncias envolvem festas promovidas por gente envolvida com candidatos, boca de urna, transporte de eleitores e falta de transparência na apuração, o que tornaria o pleito do último domingo muito suspeito.

Os candidatos relataram que a boca de urna foi recorrente. Como evidência, apresentam um vídeo de uma mesária que estaria divulgando o número de uma candidata. O Tribunal Eleitoral cede as urnas eletrônicas ao Conselho Municipal da Criança e Adolescente para que a eleição seja realizada. O Conselho afirmou que vai esperar o processo para se manifestar e que cinco dos eleitos estão com liminar e o resultado final sai apenas em janeiro.

Com TV Tarobá 



Relacionados

Cascavel | 17-10-2019 14:30

Criança de Guaraniaçu é trazia a Cascavel com meningite

Criança de Guaraniaçu é trazia a Cascavel com meningite

Cascavel | 17-10-2019 13:14

Bancos e mesas na Av. Brasil retratam a falta de manutenção

Bancos e mesas na Av. Brasil retratam a falta de manutenção

Cascavel | 17-10-2019 13:08

Abandono de cães no aterro sanitário ainda é grande

Abandono de cães no aterro sanitário ainda é grande

Cascavel | 17-10-2019 13:02

Envelhecer bem: teatro usa o humor para falar dos direitos dos idosos

Envelhecer bem: teatro usa o humor para falar dos direitos dos idosos

PUBLICIDADE