Moradores do prédio que explodiu começam a retornar para apartamentos

Redação Tarobá News
Cotidiano | Publicado em 20/07/2019 às 17:45

21 dias depois da explosão de um prédio em Curitiba, os moradores que foram obrigados a deixar a edificação começaram a voltar para casa. Após um laudo apontar que não houve danos estruturais, os primeiros residentes foram autorizados a retornar em definitivo neste sábado (20). O incidente atingiu um apartamento do último andar do edifício de seis andares; foram liberados a voltar os ocupantes de unidades do 1º ao 5º andar.

A explosão aconteceu no dia 29 de junho. O acidente matou uma criança de 11 anos. A irmã e o cunhado do menino ficaram gravemente feridos, assim como o técnico que impermeabilizava o sofá da família no momento que ocorreu a detonação seguida de incêndio. O caso ainda é investigado pela Polícia Civil, que deve indiciar os donos da empresa de impermeabilização por homicídio.

A Cosedi (Comissão de Segurança de Edificações e Imóveis), órgão ligado à Prefeitura de Curitiba, acompanha a situação desde o dia da explosão. Além dos quatro apartamentos do 6º andar do prédio, a comissão também manteve interditadas áreas que ficam na lateral e nos fundos do edifício. Assim como duas vagas da garagem onde riscos ainda foram identificados pelos técnicos.

A rede de energia elétrica que abastece o condomínio já havia sido religada no decorrer da semana. Neste sábado (20), com o retorno gradual dos moradores, a rede de gás também está sendo liberada. Uma empresa privada foi contratada para fazer a vistoria final da tubulação acompanhada dos residentes.

Leia matéria completa em: Paraná Portal



Relacionados

Cascavel | 27-01-2020 14:13

Show Rural 2020: A edição dos estandes gigantes

Show Rural 2020: A edição dos estandes gigantes

Londrina | 27-01-2020 14:08

Semana começa com mutirões contra a dengue na zona leste de Londrina

Semana começa com mutirões contra a dengue na zona leste de Londrina

Cascavel | 27-01-2020 14:00

Mulher relata em rede social maus tratos de criança

Mulher relata em rede social maus tratos de criança

Londrina | 27-01-2020 13:11

Moradores ignoram placa e fazem descarte irregular de lixo na zona oeste

Moradores ignoram placa e fazem descarte irregular de lixo na zona oeste