Confiança do comércio sobe 3,2 pontos em agosto ante julho, para 98,7 pontos

Estadão Conteúdo
Economia | Publicado em 23/08/2019 às 09:40

O Índice de Confiança do Comércio (Icom) subiu 3,2 pontos na passagem de julho para agosto, o terceiro avanço consecutivo, alcançando 98,7 pontos, informou nesta sexta-feira, 23, a Fundação Getulio Vargas (FGV).

No índice de médias móveis trimestrais, o indicador subiu 2,4 pontos em agosto, após uma sequência de cinco meses de quedas.

"A alta da confiança em agosto foi decorrente de uma significativa melhora da percepção dos empresários com o ritmo de vendas. Apesar disso, ainda não foi suficiente para superar o patamar do final do ano passado", avaliou Rodolpho Tobler, coordenador da Sondagem do Comércio no Instituto Brasileiro de Economia da FGV (Ibre/FGV), em nota oficial.

Em agosto, houve melhora na confiança em 10 dos 13 segmentos pesquisados. O Índice de Situação Atual (ISA-COM) subiu 7,1 pontos, para 95,7 pontos, enquanto o Índice de Expectativas (IE-COM) recuou 0,8 ponto, para 101,8 pontos.

"O resultado sugere continuidade na recuperação do setor, ainda em ritmo lento, mas um pouco melhor do que foi registrado no primeiro semestre do ano. Melhoras mais expressivas ainda dependem da recuperação mais consistente do mercado de trabalho e da confiança dos consumidores", completou Tobler.

A coleta de dados para a edição de agosto da Sondagem do Comércio foi realizada entre os dias 1 e 21 do mês e obteve informações de 859 empresas.



Relacionados

Economia | 16-09-2019 18:25

Dólar fecha perto da estabilidade, apesar de disparada do petróleo

Dólar fecha perto da estabilidade, apesar de disparada do petróleo

Economia | 16-09-2019 14:25

Executivo está colaborando com a Câmara para aprovar reforma tributária, diz Maia

Executivo está colaborando com a Câmara para aprovar reforma tributária, diz Maia

Economia | 16-09-2019 14:05

Maia: 'se tudo der meio certo', tributária será votada em ao menos 1 das 2 casas

Maia: 'se tudo der meio certo', tributária será votada em ao menos 1 das 2 casas

Economia | 16-09-2019 13:45

Reforma que só simplifica impostos manterá a carga tributária alta, diz Maia

Reforma que só simplifica impostos manterá a carga tributária alta, diz Maia