Trump não está sob pressão para fechar acordo comercial com China, diz Ross

Estadão Conteúdo
Economia | Publicado em 03/12/2019 às 12:55

O secretário de Comércio dos Estados Unidos, Wilbur Ross, afirmou nesta terça-feira que o presidente Donald Trump "não está sob pressão" para fazer um acordo comercial com a China. Durante entrevista à rede CNBC, Ross voltou a dizer que, caso não ocorra um acordo com Pequim, haverá elevação de tarifas contra produtos chineses a partir do dia 15.

Ross sustentou que os EUA "têm muito mais munição" na disputa com os chineses, já que possuem um grande déficit comercial com o país asiático. De qualquer modo, disse estar "otimista" sobre a possibilidade de que um acordo se concretize. Ele ainda comentou, porém, que não há conversas de alto nível com a China já marcadas.

Sobre a Europa, Ross disse que a União Europeia não tem cumprido as regras da Organização Mundial de Comércio (OMC) determinadas no caso sobre subsídios irregulares à Airbus. "Nossa reclamação é legítima", argumentou. Segundo ele, é "difícil dizer" que o imposto da França sobre grandes empresas do setor de tecnologia não seria "antiamericano".



Relacionados

Economia | 06-12-2019 07:10

Congresso trava R$ 22,8 bi de ministérios

Congresso trava R$ 22,8 bi de ministérios

Economia | 06-12-2019 07:10

Brasil dobra para US$ 1 mil limite de compra no exterior

Brasil dobra para US$ 1 mil limite de compra no exterior

Londrina | 05-12-2019 20:06

Gás de cozinha sobe quase 10% nos últimos dois meses e assusta comerciantes

Gás de cozinha sobe quase 10% nos últimos dois meses e assusta comerciantes

Economia | 05-12-2019 19:05

Bolsa renova máxima de fechamento pelo 2º dia aos 110.622,27 pontos

Bolsa renova máxima de fechamento pelo 2º dia aos 110.622,27 pontos

PUBLICIDADE