Três candidatos disputam a reitoria da Unioeste

Redação Tarobá News
Educação | Publicado em 08/10/2019 às 13:15

Dia 22 de outubro será realizada eleição para reitor da Unioeste. O eleito terá mandato de quatro anos, podendo ser reeleito por mais quatro. Candidatos falam de desafios do comando de uma das maiores Universidades do Paraná.

Na disputa, três candidatos movimentam todos os campi, além do Hospital Universitário. Nesta segunda-feira (07), o debate entre os candidatos lotou o auditório do Ceapac, no HU. Edson leismann, diretor do hospital, se licenciou para a disputa. Ele fala dos desafios, caso for eleito reitor.

Alexandre Weber também fala em desafios e forma de superá-los. Ao falar com o jornalismo da TV Tarobá, Wilson Zonin fala de como será a gestão, se ganhar a eleição.

A votação acontece nos cinco campi da Unioeste: Francisco Beltrão, Foz do Iguaçu, Marechal Cândido Rondon, Toledo e Cascavel, além do prédio da reitoria, Hospital Universitário e parque tecnológico de Itaipu, em Foz. 

Estão habilitados a votar, aproximadamente 16.500 pessoas. Os eleitores fazem parte da comunidade acadêmica: docentes, agentes universitários, pós-graduados e acadêmicos presenciais e a distância. São diversas instituições envolvidas e lidar com interesses e metas de cada uma é um desafio para is candidatos

As eleições seguem o formato paritário obedecendo proporcionalidade entre três categorias, ou seja, o voto dos docentes e agentes universitários, vale mais que dos acadêmicos.





Relacionados

Londrina | 13-10-2019 09:57

Pesquisadores da UEL criam membrana que recupera pele, osso e cartilagem

Pesquisadores da UEL criam membrana que recupera pele, osso e cartilagem

Londrina | 11-10-2019 18:46

Colégio na zona oeste oferece cursos técnicos gratuitos

Colégio na zona oeste oferece cursos técnicos gratuitos

Londrina | 11-10-2019 08:31

Vestibular 2020: Cartão de inscrição do candidato sai hoje

Vestibular 2020: Cartão de inscrição do candidato sai hoje

Londrina | 10-10-2019 15:38

Matriculas nas escolas estaduais poderão ser feitas pela internet

Matriculas nas escolas estaduais poderão ser feitas pela internet

PUBLICIDADE