Paramilitar indiano afirma que 4 rebeldes morreram em ataque na Caxemira

Redação Tarobá News
Mundo | Publicado em 04/06/2017 às 23:30

Bhavesh Chaudhary, um oficial paramilitar indiano, afirma que soldados mataram quatro militantes que tentaram atacar um campo paramilitar em disputa na Caxemira. Segundo ele, os militantes dispararam armas e granadas enquanto tentavam

entrar em um acampamento no norte da cidade de Sumbal no início desta segunda-feira, 5.

De acordo com Chaudhary, soldados no posto da sentinela interceptaram os militantes antes que estes pudessem entrar no campo. Não houve uma confirmação independente sobre o incidente.

A Caxemira está dividida entre a Índia e o Paquistão e ambos os países reivindicam o seu território. Grupos rebeldes têm lutando desde 1989 pela parte da Caxemira sob controle indiano para que esta parcela se torne independente ou seja anexada ao Paquistão. Fonte: Associated Press.



Relacionados

Mundo | 01-12-2019 09:10

Trump tem prazo até hoje para informar se participará de audiência do impeachment

Trump tem prazo até hoje para informar se participará de audiência do impeachment

Mundo | 30-11-2019 07:13

Presidente do Suriname é condenado a 20 anos de prisão

Presidente do Suriname é condenado a 20 anos de prisão

Mundo | 30-11-2019 07:13

Polícia encerra cerco à Universidade Politécnica de Hong Kong

Polícia encerra cerco à Universidade Politécnica de Hong Kong

Mundo | 30-11-2019 07:13

Novo balanço aponta 49 mortos em terremoto na Albânia

Novo balanço aponta 49 mortos em terremoto na Albânia

PUBLICIDADE