Homem alega que espancou ex-esposa grávida para se defender

Redação Tarobá News
Policial | Publicado em 04/12/2019 às 16:49

A Polícia Civil prendeu preventivamente na tarde desta quarta-feira (4) Carlos Henrique da Silva de 23 anos, acusado de ter agredido a ex-esposa grávida e a mãe dela no jardim Imagawa, zona norte de Londrina. Ele foi detido na casa da avó dele, quatro dia após ter supostamente cometido o crime. 

O suspeito foi ouvido na delegacia da mulher, com a presença do seu advogado. Ele afirmou à delegada que as vítimas foram para cima dele, que apenas se defendeu do ataque. 

Segundo a Polícia Militar (PM), a discussão ocorreu depois que as mulheres encontraram drogas que supostamente pertenceriam a ele. A sogra foi espancada com socos no rosto e na barriga. 

A jovem, grávida de sete meses, teve dois dentes arrancados,  sofreu uma fratura na mandíbula e passou por uma cirurgia de reconstrução. Na hora do atendimento, relatou aos socorristas que não sentia os movimentos do bebê, mas um exame indicou que os sinais vitais estavam preservados. 

LEIA MAIS:



Relacionados

Foz do Iguaçu | 06-12-2019 09:14

Homem incendeia cama de motel, se esconde e atira contra policiais

Homem incendeia cama de motel, se esconde e atira contra policiais

Campina Grande do Sul | 06-12-2019 09:12

Bandidos explodem agência bancária e trocam tiros com a PM

Bandidos explodem agência bancária e trocam tiros com a PM

Londrina | 06-12-2019 09:06

Mulher é presa com quase 20kg de drogas em mala

Mulher é presa com quase 20kg de drogas em mala

Cascavel | 06-12-2019 06:21

Menino de 12 anos pede ajuda em borracharia após ser agredido pelo pai

Menino de 12 anos pede ajuda em borracharia após ser agredido pelo pai

PUBLICIDADE