Incêndio em sobrado de investigado na operação Integração pode ser criminoso

Redação Tarobá News
Policial | Publicado em 15/08/2019 às 11:37

Um princípio de incêndio em um sobrado no Recanto do Sabia, na Rua Adalberto Luís Pirola, zona sul de Londrina, mobilizou o corpo de bombeiros na manhã desta quinta-feira (15).  Quando os bombeiros chegaram havia bastante fumaça, mas o fogo ainda não havia se alastrado. As chamas foram rapidamente controladas. Ninguém ficou ferido.

As causas do incêndio ainda estão sendo investigadas, mas os bombeiros encontraram materiais suspeitos no local. Em uma das áreas de lazer do imóvel foram encontrados um pé de cabra, que teria sido utilizado para arrombar uma das portas, gasolina espalhada sobre uma mesa, parte de uma lona queimada e uma cadeira de plástico também queimada, no entanto, distante do foco principal do incêndio que foi em um quarto da residência. Por causa dessas evidências há suspeitas de que o incêndio tenha sido criminoso. A polícia deve investigar o caso. 

O imóvel, aparentemente utilizado para recreação, seria de cinco sócios, um deles seria um dos acusados na Operação Integração, desdobramento da Lava Jato que investiga o pagamento de propinas para reajustes fraudulentos nas tarifas de pedágios do anel de integração no Paraná.

Mais informações a qualquer momento com a atualização dessa reportagem e a cobertura completa no programa Tempo Quente com Evandro Ribeiro.



Relacionados

Cascavel | 07-12-2019 09:55

Jovem morre ao ser baleado dentro de casa no Veneza

Jovem morre ao ser baleado dentro de casa no Veneza

Foz do Iguaçu | 07-12-2019 09:38

Foragido da justiça que estava em forro de motel se entrega após 27 horas de negociações

Foragido da justiça que estava em forro de motel se entrega após 27 horas de negociações

Curitiba | 07-12-2019 09:37

Policiais fecham rua no Centro e treinamento chama a atenção de moradores

Policiais fecham rua no Centro e treinamento chama a atenção de moradores

Umuarama | 07-12-2019 08:53

Pediatra de Umuarama é denunciado por abuso sexual

Pediatra de Umuarama é denunciado por abuso sexual

PUBLICIDADE