Oriovisto pede candidato próprio e Podemos convida Paranhos

Redação Tarobá News
Política | Publicado em 11/11/2019 às 17:53

O prefeito de Cascavel, Leonaldo Paranhos (PSC), virtual candidato à reeleição,  recebeu mais um convite para trocar de sigla, caso decida mesmo deixar o Partido Social Cristão. Depois do governador Ratinho Júnior oferecer o PSD, na última sexta-feira foi a vez do Podemos ser colocado ao dispor dele. 

O convite partiu do recém empossado presidente da executiva municipal, empresário  Plínio Destro, depois que o senador Oriovisto Guimarães defendeu sua agremiação apresentando nome próprio e  disputando a prefeitura cascavelense, em 2020. A declaração foi durante a posse da executiva, na Câmara e, ato contínuo,  Plínio fez o oferecimento, sinalizando apoio a um projeto de mais quatro anos com o atual gestor. 

A conversa teve o endosso de Alvaro Dias, entre outras lideranças que acompanharam o evento, entre eles o próprio convidado. Paranhos tem agradecido as manifestações, preferindo dizer que está focado na administração, embora acompanhe com interesse os bastidores políticos, de olho no grupo de prefeituráveis. Segundo comenta, a sucessão não está entre as prioridades. Liderando pesquisas de tendência de voto e com aprovação do governo superior a 40%, na opinião de seus apoiadores a busca do segundo mandato é inevitável. 

A base governista no Legislativo  também aumentou. Desde sexta, o vereador Olavo Santos foi oficializado na bancada do Podemos, ao lado de Jaime Vasatta. Na sessão ordinária de hoje (11), os dois se manifestaram favoráveis ao eventual ingresso do prefeito.



Relacionados

Política | 09-12-2019 17:10

Advogados rebatem presidente do TRF-4: 'Pedir nulidade é um direito'

Advogados rebatem presidente do TRF-4: 'Pedir nulidade é um direito'

Curitiba | 09-12-2019 16:19

Reforma tributária pode prejudicar arrecadação dos municípios

Reforma tributária pode prejudicar arrecadação dos municípios

Guaratuba | 09-12-2019 16:17

Ex-prefeita de Guaratuba é multada em R$ 15,6 mil por falhas nas contas de 2016

Ex-prefeita de Guaratuba é multada em R$ 15,6 mil por falhas nas contas de 2016

Curitiba | 09-12-2019 16:15

CPI da JMK vota relatório final nesta terça-feira

CPI da JMK vota relatório final nesta terça-feira