Vereador acessava site pornográficos do computador da Câmara de Vereadores

Estadão Conteúdo
Política | Publicado em 14/08/2019 às 18:40

Um vereador da cidade de Braganey, na região Oeste do Paraná, confessou ao Ministério Público (MP) que acessava sites pornográficos e o e-mail pessoal usando computadores da Câmara.

A denúncia chegou ao MP por meio de uma representação encaminhada pela Presidência do Legislativo.

Para apurar a veracidade dos fatos, o representante da Promotoria de Justiça de Corbélia e uma cartorária foram ao local e constataram, por meio de prints de computador, que o vereador acessava sites pornográficos e o e-mail pessoal, simultaneamente, em horário de expediente no legislativo do Município.

Nesta quarta-feira (14), o vereador assinou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) junto ao MP, na cidade de Corbélia (sede da Comarca), e se comprometeu em não mais acessar portais pornográficos. Pelo acordo, ele também irá pagar multa ao Município. O MP não informou o valor da multa.



Relacionados

Política | 25-08-2019 08:15

Twitter usa tecnologia para identificar fake news

Twitter usa tecnologia para identificar fake news

Política | 24-08-2019 12:50

Indefinição do nome de Eduardo Bolsonaro preocupa embaixadores latinos

Indefinição do nome de Eduardo Bolsonaro preocupa embaixadores latinos

Política | 24-08-2019 10:35

Criminalista vê retrocesso em proposta de Moro para fim de embargos infringentes

Criminalista vê retrocesso em proposta de Moro para fim de embargos infringentes

Política | 24-08-2019 08:20

Palocci implica Graça Foster em delação

Palocci implica Graça Foster em delação