Exemplos do aprofundamento da inteligência artificial

Redação Tarobá News
17/10/2019 22:52

Cristiano Kruel, líder de inovação da StartSe, uma das maiores redes de startups do país, acredita que a inteligência artificial em pouco tempo será um fenômeno predominante na vida das pessoas.

Pela manhã, em palestra no Redfoot Open Innovation by Lidere no Espaço Villa Planalto, ele recomendou ao público que se familiarize com alguns termos para facilitar um pouco o desafio de entender as transformações que estão em marcha.

“Criar artificialmente traços da inteligência humana é uma definição que por si só não diz muita coisa para quem quer entender realmente a extensão desta grande mudança”, brinca Kruel.

Com exemplos, é possível ficar mais ciente do que isso significa. Kruel usa o exemplo de uma imobiliária. Você procura o corretor dizendo que não sabe como calcular o aluguel do imóvel do seu apartamento, nem se o condomínio está com um valor razoável. Isso se resolve com algumas perguntas básicas. Um software chega a um algoritmo e define rapidamente os valores, após ser alimentado com algumas respostas básicas.  “Mas tem uma coisa que chama machine learning, que dispensa estas respostas e que trabalha com uma base de dados volumosa, de anos e anos. Neste caso, os valores já estariam calculados. A máquina já teria aprendido a fazer o algoritmo sem a alimentação do programador”.

Outro tipo de fenômeno que vai estar muito presente na vida das pessoas e das empresas é o deep learning, que é um machine learning com muito mais profundidade, pela qual os computadores são treinados para realizar tarefas muito complexas. “Neste caso, ainda no exemplo da imobiliária, o algorítimo faria os ajustes dos preços apenas analisando as fotos de cada um dos ambientes”.


Assessoria Lidere