Linha 4

Publicidade

DEScrise

Sara Presoto

Foto: Divulgação

Em tempos de crise, eu me “descriso”. Não sei porque mas sempre fui assim. Funciono na pressão, quando tudo está louco, confuso, estourando, eu consigo oferecer o meu melhor. Não me orgulho. Tampouco lamento. Apenas relato. Mas sinto um certo tipo de prazer em não ter rotina. Em enlouquecer com a bomba prestes a explodir. Tudo isso me dá a sensação de que não temos controle de nada. E de que tudo pode acabar de uma hora para outra. Realmente pode. O fato é que eu me sinto viva na eminência da morte. Brinco com os limites. Meus e dos outros. Testo e me testo. Enfrento a vida. Encaro. Chama para guerra. Bato no peito. Sem medo. Como num campo de batalha. Vou à frente, correndo, armada, gritando, respirando, sem planos, sem expectativas, sem esperanças... mas curtindo meus momentos, talvez últimos, do que resta daquilo que a gente chama de vida.

Os artigos dos blogs não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor do texto.

COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade