BUMBUM durinho e sem CELULITES

Lu Oliveira
Comportamento | Publicado em 06/09/2017 às 07:34

Toda mulher sonha com um bumbum durinho e sem celulites. Usar uma calça mais fina sem se preocupar se está marcando, ou roupas de banho sem se preocupar com os furinhos é um sonho para muitas. Ter o bumbum dos sonhos, livre de celulites, é possível sim, mas não é nada fácil.

Os glúteos, carinhosamente chamados de bumbum, são músculos grandes, fortes e que merecem atenção igual aos demais músculos do nosso corpo como os dos braços, costas, barriga e pernas.

Os homens acumulam mais gordura na região da barriga e pouca gordura na região dos quadris; é o biotipo masculino unido a uma grande dose de testosterona – hormônio masculino que traduz esta característica. Já a maioria das mulheres, graças ao hormônio particularmente feminino – chamado de estrogênio - acumula mais gordura na região dos quadris. Sendo assim, o treinamento com pesos é de extrema importância, afinal de contas, aumentar a massa muscular é fundamental para eliminar gordura. E o trabalho muscular, específico para as pernas, é um grande coadjuvante para potencializar os resultados desejados para o bumbum. Isso porque, para cada grama de músculo que se ganha, perde-se dois gramas de gordura. E, pasmem, essa regrinha é inversamente proporcional. Ou seja, se perdermos músculos, ganhamos gorduras nesta proporção.

O bumbum deve ser trabalhado com pesos, seja sobrecarga com pesos livres, barras, caneleiras ou com o do próprio corpo. Para quem está iniciando, executar três séries de 15 repetições é um grande começo para perceber as mudanças no aspecto e firmeza dos glúteos. Já para as mais avançadas, utilizar caneleiras após o treino de pernas potencializa os efeitos, com mudanças podendo ser percebidas mais significativamente, em aspecto, firmeza e volume. Alguns aparelhos na sala de musculação como barras para agachamento, afundos, hacks e leg press, também auxiliam muito no processo de deixar seu bumbum durinho e com menos celulite.

Para eliminar essas celulites indesejadas é necessário recorrer a todos esses exercícios, além dos aeróbicos – corrida, bicicleta, aulas de jump e outros – além de uma excelente rotina alimentar. Se você acha que já estava “sofrido” obter resultados satisfatórios para o seu bumbum, saiba que de nada vai valer se a sua alimentação não for saudável. Se nós mulheres acumulamos mais gordura na região do bumbum, é muito claro entender que NÃO devemos exagerar na ingesta de gordura, certo? Uma alimentação saudável à base de verduras, legumes, frutas e carnes magras, irão garantir, juntamente com as dicas acima, os resultados.

Procure por um profissional de nutrição para elaborar um cardápio pobre em gorduras para te ajudar melhor. Quanto ao treinamento, um profissional da Educação Física é o melhor caminho para te orientar a alcançar os melhores resultados.

No meu canal youtube.com/LuOliveiraTrainer você confere vários exercícios físicos para fazer em casa.  Acesse e siga para receber notificações dos próximos vídeos.

Bons treinos, excelente alimentação e vamos lá, porque é possível!

Tudo que fizer, faça com amor.



Relacionados

Últimas Notícias

PUBLICIDADE