Linha 4

Publicidade

Manual de etiqueta: regras antigas ressurgem no mundo da pandemia

Kellen Lopes

Com a pandemia do Coronavírus vimos pequenos hábitos de higiene ganhar importância. O simples fato de higienizar as mãos quando chega à casa de alguém ou antes de uma refeição sempre fez parte dos manuais de etiqueta & comportamento.

O Fato de manter distância durante uma conversa, ou até mesmo não relar nas pessoas também consiste em uma das inúmeras regras de etiqueta  que existe há anos e que sempre passou desapercebido por muitas culturas, como a brasileira.

Fazendo uma análise mais a fundo desde os primórdios do surgimento da etiqueta, como o primeiro tratado de boas maneiras, de 1530, escrito por um filósofo Erasmo de Rotterdam;  é possível notar que os estudiosos deste universo já enfatizavam que  a etiqueta é uma questão de respeito com você e com os outros, bem como tornar o convívio entre as pessoas mais fácil e agradável.

Vale ressaltar, que a pandemia não acabou.  Com o retorno de algumas atividades, movimento maior nas ruas, estamos diante de uma falsa impressão.  Todo cuidado é pouco!

Mesmo se a pandemia já tivesse passado, os hábitos deverão permanecer. Afinal, o que se espera daqui para frente é que se tenha mais consciência em relação ao cuidado com o outro e consigo mesmo.

Antes de estender as mãos a alguém, lembre-se de higieniza-la.

Ao sentar à mesa para uma refeição não coloque o celular em cima da mesa, deixe-o guardado na bolsa ou no bolso.  É difícil, mas é necessário.

Mulheres que adoram colocar carteiras, bolsas de mão e clutch em cima da mesa quando chegam a uma festa, jamais façam isso. Sempre disse aqui nos posts que essa atitude era errada. Daqui para frente será inaceitável.

Bom, estas regras que agora ganharam espaço nos inúmeros decretos sempre fizeram parte das regras de etiqueta, infelizmente só agora, tão tarde, reconheceram a importância.

Como diz o ditado: “antes tarde do que nunca”!

Fica a sugestão, leia os manuais de etiqueta.

Os artigos dos blogs não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor do texto.

COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade