Vinca a flor da saúde

Olga Bongiovanni
Comportamento | Publicado em 04/06/2018 às 14:01

A Vinca (Catharanthus roseus) recebe muitos nomes Vinca-de-madagáscar, Vinca-de-gato, Boa-noite, Boa-tarde,Beijo da mulata, Vinca-rósea, Flor-de-todo-o-ano e Maria-sem-vergonha.

É uma subarbustiva rústica originária de Madagáscar e espalhou-se por todo mundo, gosta sol pleno, de solo fértil, não exige muita água. Oferece flores durante todo ano, existem muitas variações de cores e híbridos desenvolvidos para garantir mais cores e resistência. É cultivada em maciços, vasos, floreiras ou contornos de canteiros.

Além das qualidades ornamentais possui reconhecidas propriedades medicinais: diurética, antifebril, hipoglicemiante, sudorífera e anti-inflamatória. Nela são encontrados 95 alcaloides entre eles a Vimblastina e a Vincristina que depois de purificados são usadas para combater a leucemia, alguns tipos de cânceres, diabetes, malária e a doença de Hodgkin.

A seiva da Vinca é extremamente tóxica, deve-se evitar seu contato direto com a pele e com olhos.

Sua reprodução é feita por sementes ou mudas.



Relacionados

Últimas Notícias

PUBLICIDADE