Integração Lavoura-Pecuária é tema de evento no Iapar

Sirlei Benetti
Cotidiano | Publicado em 06/09/2019 às 17:49

O IAPAR (Instituto Agronômico do Paraná), em parceria com a Emater, promove, no polo de Santa Tereza do Oeste, nos dias 11 e 12 de setembro, a VI edição da Jornada Tecnológica no Campo Integração Lavoura-Pecuária. O evento é gratuito e tem como público-alvo produtores, profissionais e estudantes. No primeiro dia, ele é voltado a caravanas organizadas pela Emater. No segundo, a partir das 13h, todos estão convidados.  De acordo com os organizadores, o objetivo da Jornada é difundir conhecimento e apresentar novas tecnologias de diversificação com sustentabilidade para facilitar a vida do produtor que trabalha com sistemas de produção de gado de leite e de corte.

Segundo o coordenador técnico do evento, pesquisador Elir de Oliveira, as tecnologias apresentadas na VI Jornada Tecnológica no Campo passam a ter maior relevância para o Paraná diante da possibilidade do Paraná se tornar área livre de febre aftosa sem vacinação. “Em um primeiro momento, esse cenário aumentará o déficit de bezerros para recria e terminação. Mas, por outro lado, o estado possui cerca de 2 milhões de hectares de pastagem subprodutivas localizadas em áreas declivosas e 5 milhões de hectares em pousio e/ou com plantas de cobertura durante o inverno”.

Elir afirma que a conexão das cadeias produtivas com a criação de bezerros de qualidade em áreas declivosas e com recria e terminação em áreas de produção de grãos de verão - que ficam em pousio no inverno, apresenta potencial para que o Paraná seja o maior produtor de carne de qualidade a partir de sistemas de Integração Lavoura-Pecuária.

No evento em Santa Tereza do Oeste será destacado, entre outros pontos, a importância do sistema Integração Lavoura-Pecuária com benefícios não só para produção animal, mas também para a produção de grãos.  Os resultados obtidos na área pastejada comparada com a área sem pastejo apontam, na área pastejada incremento de até 15 % no rendimento de soja e 14 % de milho. Em trincheira aberta será demonstrada a presença de raízes de aveia à 2 metros de profundidade, o que traz benefício para o desadensamento do solo, ciclagem de nutrientes, maior infiltração e armazenamento de água.

Segundo a organização, a dinâmica do evento será totalmente no campo mostrando na prática, com oito temáticas.

Serão apresentadas opções de cultivares do IAPAR para plantio durante o inverno, como as aveias forrageiras: IAPAR 61, IPR Suprema, IPR Esmeralda e IPR Cabocla; aveias graníferas: IPR Afrodite e IPR Artemis, nabo IPR 116, centeio IPR 89, ervilhaca e consórcio de forrageiras com seus manejos.

Entre as temáticas, será demonstrado o processo de empacotamento de silagem para pequenas e médias propriedades, tratamento de feno com baixa qualidade com ureia e rotação de culturas. Além desses temas, serão apresentadas tecnologias de adubação para eliminar as limitações químicas do solo visando melhor crescimento das raízes das plantas, obtendo assim altas produtividades.

Nematoides

Um dos problemas da agricultura é a presença de nematoide, micro-organismos que que atacam as raízes das plantas. Devido ao interesse dos profissionais e produtores, o evento trará um modelo de manejo de nematoides das culturas de soja, milho e feijão.



Relacionados

Cotidiano | 13-08-2019 14:42

Prazo para realizar DITR começou

Prazo para realizar DITR começou

Cotidiano | 12-08-2019 09:05

Preços dos produtos agropecuários recuaram 1,76% no atacado na 1ª prévia do IGP-M

Preços dos produtos agropecuários recuaram 1,76% no atacado na 1ª prévia do IGP-M

Cotidiano | 05-08-2019 15:15

Extração de óleos e culturas de inverno são temas de dia de campo

Extração de óleos e culturas de inverno são temas de dia de campo

Cotidiano | 27-07-2019 08:15

Show Pecuário movimenta R$ 10 milhões em negócios

Show Pecuário movimenta R$ 10 milhões em negócios

PUBLICIDADE