Linha 4

Publicidade

Cascavel Futsal segue vivo na busca por uma vaga nas semifinais

Luciano Neves

Cascavel Futsal e Sorocaba empataram em 3 a 3 na Neva. Foto Celso Dias

O Sorocaba ainda é favorito no confronto das quartas de final da Liga Nacional contra o Cascavel Futsal. Ainda é o time de melhor campanha e segue invicto na competição. Mas a Serpente Tricolor deu uma amostra de valentia, que vai dar trabalho ao time paulista na partida de volta e que segue na busca por uma inédita vaga nas semifinais.

Cascavel Futsal e Sorocaba se enfrentaram na manhã deste sábado (14), no ginásio da Neva e empataram em 3 a 3. Sendo assim, a disputa está aberta para o jogo de volta no próximo dia 21 de novembro, em São Paulo. No outro jogo, o vencedor avança para as semifinais. Em caso de um novo empate, o Sorocaba terá a vantagem de jogar pela igualdade na prorrogação. Isso significa que o Cascavel Futsal necessita de uma vitória como visitante, no tempo normal ou na prorrogação.

No jogo deste sábado, o Sorocaba saiu na frente no início da partida com um gol de Charuto. A Serpente Tricolor conseguiu o empate com Biel. Mas Alisson deixou o time paulista novamente na frente ainda na primeira etapa. No segundo tempo, Leozinho fez o terceiro do Sorocaba. A derrota em casa complicaria, e muito, a possibilidade de classificação do Cascavel Futsal. Mas Carlão e Zequinha foram os protagonistas da reação do time de Cassiano Klein com um gol cada e definiram o placar igual em 3 a 3.

Pato

O bicampeão da Liga Nacional Pato Futsal fez, neste sábado (14), o jogo de ida das oitavas de final contra o Atlântico de Erechim no Rio Grande do Sul. E foi derrotado por 5 a 3. Este é o terceiro confronto de mata-mata entre as duas equipes na Liga Nacional. Em 2018, Pato e Atlântico se encontraram na decisão. No ano passado, o duelo também ocorreu nas oitavas. Nas duas ocasiões, o Pato despachou o time gaúcho e faturou os dois títulos. Agora, para seguir na busca do tricampeonato, o Pato Futsal precisa vencer o jogo de volta na próxima segunda (16), no ginásio Dolivar Lavarda para provocar uma prorrogação. E aí recupera a vantagem do empate na extensão da partida. O Atlântico tem a vantagem do empate no tempo normal.

COMENTÁRIOS

Publicidade