Linha 4

Publicidade

Dois Vizinhos pode ser o primeiro paranaense campeão da Copa do Brasil

Luciano Neves

O Dois Vizinhos tem a vantagem do empate na decisão da Copa do Brasil. Fotos Adolfo Pegoraro

O Cresol/Mocelin/Dois Vizinhos venceu o primeiro jogo da final da Copa do Brasil contra o Ceará por 4 a 1 (dois de Gugu Glores e dois de Luciano) na última terça, no Ginásio Teodorico Guimarães. A segunda partida da decisão será nesta segunda-feira (21), às 18 horas, no Ginásio Vozão, em Fortaleza. A equipe do técnico Fabinho Gomes está a um empate do título da competição e de uma vaga na Supercopa 2021, que dá o acesso à Libertadores, na disputa contra o campeão da Liga Nacional e o campeão da Taça Brasil. E se confirmar esse feito será o primeiro time paranaense a vencer a competição nacional. “Sabendo da dificuldade dessa partida em Fortaleza, a diretoria nos deu a condição de viajar antes. Jogamos no dia 15 e no dia 16 já embarcamos para o nordeste, chegamos no dia 17. É importante se familiarizar com o ambiente do jogo, é mais calor aqui, se adaptar à quadra, tratar os atletas que estão lesionados. Estamos 100% focados nesta decisão”, comentou o técnico Fabinho Gomes, um dos principais responsáveis pela bela temporada que o Dois Vizinhos está passando.

Natural de Flores, no Ceará, Antônio Farbson Rodrigues Leandro, o Gugu Flores, 25 anos, é o artilheiro da Copa do Brasil, com dez gols marcados. Ele marcou em todos os confrontos, o Galo eliminou a Assoeva, de Venâncio Aires (RS), o Pato Futsal e o Balsas (MA). “Fico feliz em contribuir com o time. Mas vamos ter uma decisão muito complicada dentro da casa do adversário. Eu conheço muito bem o futsal aqui do Ceará e sei que vai ser um jogo pegado, precisamos estar atentos”, avalia o atleta. Inclusive, o Dois Vizinhos tem cinco jogadores cearenses: Sidney, Ilbério, Nenem Ribeiro, Gugu Flores e Luciano. Há ainda mais dois atletas nordestinos na equipe, Anderson Negão e Wendel, que são pernambucanos.

Os artigos dos blogs não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor do texto.

COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade