Linha 4

Publicidade

Em dose dupla, Cascavel é Campeão Paranaense de Handebol de 2021

Luciano Neves

Os dois times de Cascavel foram campeões estaduais. Fotos Vinicius Araujo/ LHPR

Conquistar um título é sempre bom. Mas conquistar dois títulos em um só dia é muito melhor! Que o digam todos os cascavelenses apaixonados por handebol, que no domingo (28) puderam sair do Ginásio da Neva com o título máximo estadual nos naipes Masculino e Feminino. Desde a fundação da Liga de Handebol do Paraná, no ano de 2021, este foi o 12º título estadual entre as mulheres. Já para os homens, o significado desta conquista é heroico, pois foi registrado o primeiro título estadual da história cascavelense. As meninas da FAG/Cascavel entraram em quadra para o encontro decisivo com a equipe de Toledo. O confronto entre as duas equipes do Oeste do Paraná era muito aguardado, e não apenas por se tratar de representantes de duas cidades vizinhas (e com grande histórico de rivalidade esportiva), mas também pelo resultado do encontro anterior: durante a segunda etapa, disputada no município de Dois Vizinhos, ainda em setembro, a equipe toledana havia superado as cascavelenses. Se na época a equipe de Cascavel sofreu com o cansaço, devido a uma sequência de jogos que incluía a disputa da Liga Hand Feminina (Nacional), desta vez foi a equipe de Toledo que sofreu com o físico, ao perder uma de suas principais atletas, Julia Weizenmann, ainda no início da partida. A superioridade cascavelense foi mostrada ainda no primeiro tempo, que acabou com 22 a 10, a favor das donas da casa. Já na segunda etapa, Cascavel manteve a forma, finalizando a partida por 42 a 21. “A gente veio de um ano trabalhando muito, já que no ano passado, infelizmente não teve competição”, disse Maryana Bosio, capitã da FAG/Cascavel, se referindo à interrupção causada pela Pandemia do Coronavírus, a qual felizmente está ficando para trás. “Um de nossos objetivos para 2021 era ganhar o Campeonato Paranaense, e a gente conseguiu cumprir, então estamos muito felizes!”, concluiu Maryana, que liderou sua equipe ao primeiro título do município desde 2016. 


A atleta-destaque da partida foi Andreza Almeida, que colecionou votos como a melhor em quadra desde o início da competição. “É uma sensação muito boa! Fechar o ano como campeã paranaense é muito bom, e sendo a melhor da partida, é melhor ainda”, comemorou Andreza, que falou sobre a constância da equipe na temporada 2021. “A gente esteve sempre entre as 3 principais equipes em todas as competições que disputou, então foi um ótimo ano e eu só tenho a agradecer às meninas e também à Comissão”.

Masculino

Ser campeão é uma honra marcante para qualquer equipe em um jogo coletivo como o Handebol, mas a primeira vez é inesquecível! Exato! Pela primeira vez na história do município de Cascavel, sua equipe masculina pode estufar o peito e soltar o grito de campeão! No domingo a equipe da ACH/Cascavel, que já havia vencido competições, como os Jogos Abertos do Paraná, e também a Paraná Handebol Cup, disputada em 2020, agora conquista o tão sonhado título de Campeão Paranaense de Handebol, após vencer uma batalha dificílima contra os representantes de Maringá, pelo placar de 25 a 22. Se vermos somente pela temporada 2021, o confronto seria de igual para igual, afinal a equipe de melhor campanha na Chave Oeste/Sul, enfrentariam a equipe de melhor campanha na Chave Norte: Maringá. A diferença brutal era o histórico: os maringaenses vinham de 7 títulos estaduais consecutivos, além de outros 4 Paranaenses conquistados desde a fundação da LHPR, em 2001. Com tanta tradição, não seria de estranhar mais uma vitória maringaense, certo? Errado! Pois dessa vez o final foi diferente e a sina de não ganhar o Estadual acabou de vez! Que o diga Marcelo Rizzotto, o Cebola, campeão cascavelense. “É um alívio, e é uma honra ser campeão desse campeonato. Campeão do Paraná! Até que enfim tiramos um peso de nossas costas, com nosso primeiro título!”, comemorou o capitão após a dura partida da manhã de domingo, onde tiveram que enfrentar o adversário em quadra, e também o nervosismo da decisão. Com o título estadual garantido, a equipe de Cascavel ainda tem outro objetivo para 2021. “Vamos atrás de estar entre os 4 primeiros colocados na Liga Nacional de Handebol! A gente vai para cima!”, apostou Cebola, que além de ser o capitão cascavelense, também é o atual vice-presidente da Confederação Brasileira de Handebol.


Os artigos dos blogs não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor do texto.

COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade

Nós usamos cookies teste site para lhe proporcionar a melhor experiência possível lembrando de preferências em visitas anteriores. Clicando em "Aceitar" você aceita o uso de cookies e nossos Termos de Uso.