Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

STJD derruba liminar e garante que só Fluminense transmita final da Taça Rio

08/07/20 às 21:10 - Escrito por Estadão Conteúdo
siga o Tarobá News no Google News!

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) derrubou a liminar do Tribunal de Justiça Desportiva do Rio (TJD-RJ), que no fim da tarde desta quarta-feira havia estabelecido mando de campo compartilhado na decisão da Taça Rio, marcada para 21h30, no Maracanã, entre Fluminense e Flamengo. Com a decisão do STJD, o time tricolor passa a ser o único mandante do jogo e, com isso, a deter os direitos de transmissão da partida.

A decisão foi do presidente da corte, Paulo César Salomão Filho, que acatou pedido do Fluminense "suspendendo os efeitos da decisão proferida pelo TJD-RJ, mantido, pois, o mando de campo, exclusivamente, em favor do Fluminense, conforme estabelecido no regulamento da competição".

O imbróglio envolvendo a transmissão da final da Taça Rio foi longo. O Flamengo chegou a obter o direito de exibir o jogo com a decisão do TJD-RJ. Minutos antes, tinha se declarado "preocupado" e colocado à disposição para transmitir o duelo contra o Fluminense em seu canal no YouTube.

Leia mais:

Imagem de destaque

China cancela eventos esportivos internacionais em 2020 e pode afetar a Fórmula 1

Imagem de destaque

Após resultado inconclusivo, Vinicius Jr. refaz teste para covid-19 e não treina

Imagem de destaque

Corinthians anuncia patrocínio para mangas da camisa com empresa de apostas

Imagem de destaque

Clubes brasileiros apostam no digital para minimizar impactos pela falta de jogos

Mais cedo, o presidente do Fluminense, Mário Bittencourt, comparou a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) a empresas que furtam sinais de TV, usou o termo "GatoFerj" e ameaçou ir à Justiça. O clube tricolor era o detentor do direito de transmissão da final após conseguir o aval da TV Globo porque foi sorteado como mandante da partida e informou que passará a partida em seu canal no YouTube de forma gratuita.

O Flamengo, por sua vez, reforçou que apoia a Medida Provisória 984/2020, que dá direito de transmissão ao mandante. No entanto, com a liberação do TJD-RJ, o clube rubro-negro também poderia transmitir o duelo decisivo. Agora, porém, está impedido pelo STJD.

Essa postura levou o Fluminense a atacar o rival. Em tom irônico, lembrou que já tinha acordo com a Rede Globo para transmitir o jogo e também se baseia na medida provisória que dá ao time mandante os direitos de exibição das partidas, que havia anunciado na terça-feira que exerceria.

O Fluminense citou a CPI da Fake News, que ocorre na Câmara dos Deputados, para debochar do Flamengo, afirmando que o clube rival mente e também questionou a legalidade da decisão do TJD-RJ. E terá mesmo a exclusividade para transmitir o jogo.

A final da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca, será realizada nesta quarta-feira, às 21h30, no Maracanã. Se o Flamengo for campeão, vai faturar o título estadual sem precisar de uma decisão.

Notícias relacionadas

© Copyright 2023 Grupo Tarobá