Linha 4

Publicidade

FC Cascavel vence o Toledo no ‘clássico da soja’ da Série D

Luciano Neves

Um ‘clássico da soja’ histórico. Foi o primeiro encontro entre FC Cascavel e Toledo numa competição nacional. As duas equipes se enfrentaram na tarde deste domingo (11), no Estádio Olímpico Regional, pela Série D do Campeonato Brasileiro.

Ambos entram em campo com a necessidade de vitória. Por isso, o clássico adquiriu requintes de decisão. E quem levou a melhor foi a Serpente Aurinegra por 3 a 1, a primeira vitória do time cascavelense na competição. Foi também a primeira vez que o FC Cascavel superou o Toledo dentro do Olímpico. Por falar em atuar em casa, a Serpente Aurinegra não perde em seus domínios há mais de um ano e meio. O último resultado negativo no Olímpico ocorreu no dia 21 de março de 2019, quando foi superado pelo Rio Branco de Paranaguá por 1 a 0. De lá para cá, são onze jogos de invencibilidade em casa.

O FC Cascavel foi aos seis pontos e busca a segunda vitória na Série D. Na quarta-feira (14) visita o Nacional de Rolândia, às 16 horas. Já o Toledo sofreu a quinta derrota em cinco jogos, está na lanterninha do Grupo 7 e joga na quarta-feira (14) contra o Bangu, no Estádio 14 de Dezembro.

O jogo

O FC Cascavel optou por uma formação diferente em relação aos outros jogos. Robinho, que estreou com a camisa do clube no jogo contra o Mirassol, iniciou entre os titulares para a saída de Duda. No ataque, o treinador optou por Neto Costa no lugar de Magno, um jogador que atua mais como referência dentro da área. O Toledo, do técnico Zé Maria, promoveu a estreia do goleiro Diego, que defendeu o clube no Campeonato Paranaense, do lateral Carlinhos, ex-FC Cascavel, e do zagueiro Chiesa, que passou pela base da Serpente Aurinegra.

Nos minutos iniciais, o Toledo se mostrou mais efetivo, principalmente nas jogadas organizadas por PH.

Mas aos 12 minutos, Léo Itaperuna foi puxado dentro da área. Paulo Baya foi para a cobrança e converteu, 1 a 0 FC Cascavel. Foi o segundo dele na Série D.

Na etapa final, o Toledo começou melhor e Deivid desperdiçou a chance do empate. Aos 19 minutos, Robinho bateu de fora da área e acertou o canto de Diego, 2 a 0 Serpente Aurinegra. Aos 27 minutos, Paulo Baya fez grande jogada, invadiu a área e, na conclusão, acertou a trave. Mas aos 39 minutos, Henrique, destaque do FC Cascavel na partida, foi premiado. Ele foi lançado, invadiu a área e marcou o terceiro do time da casa.

Três minutos depois o Toledo conseguiu descontar na cobrança de pênalti de PH. Final no Olímpico: 3 a 1 para o FC Cascavel, no ‘clássico da soja’.

COMENTÁRIOS

Publicidade