Londrina
Cascavel

TV Tarobá

Tarobá FM

  • Londrina
  • Cascavel

Clássico da Soja: Cascavel e Toledo se enfrentam na estreia no Paranaense 2018

17/01/18 às 07:04 - Escrito por Liliane Dias

De um lado, a “Serpente”. De outro, o “Porco”. Dois animais que simbolizam um pouco da história e da identidade de Cascavel e Toledo. Em comum, as duas cidades do Oeste do Paraná carregam outro símbolo: o grão que representa boa parte da movimentação econômica dos munícipios e leva o nome de ambos para longe, a soja. Essa característica batizou os confrontos esportivos de Cascavel e Toledo como “Clássicos da Soja”. 

Mesmo em diferentes modalidades e em diversos momentos, a rivalidade permanece. No futebol, a história começou lá atrás quando os municípios ainda eram representados por outros times. Mudam-se as nomenclaturas, as gestões, as camisas, mas o espírito competitivo que mexe com os dois lados não se altera. Desta vez, Cascavel, representada pelo Futebol Clube Cascavel, e Toledo, representada pelo Toledo Esporte Clube, vão estrear no Campeonato Paranaense 2018 logo de cara com essa disputa historicamente cheia de expectativa.  

A primeira vez que os dois times se enfrentaram foi na segunda divisão de 2011. Já na primeira divisão, esse vai ser o terceiro duelo. Na elite do futebol do Paraná, o primeiro confronto entre eles foi em 2016, com a vitória de 3 a 0 do Toledo, em casa, no Estádio 14 de Dezembro. Já em 2017, quando voltaram a se enfrentar, Cascavel levou a melhor por 2 a 0, jogando na casa do adversário. E isso acarretou no rebaixamento do Toledo para a segunda divisão, de onde só conseguiu retornar para a elite depois que a Federação Paranaense de Futebol puniu o J. Malucelli com a perda de pontos. 

Agora, vem o “tira-teima”: no próximo domingo, dia 21 de janeiro, às 19 horas, o mesmo estádio das últimas disputas vai ser palco da primeira partida oficial de 2018 das duas equipes. O jogo é esperado com muita ansiedade, mas com muito preparo pelo elenco do FC Cascavel. “Quando se fala de duas cidades que são tão próximas, que estão na primeira divisão, para os cidadãos acaba sendo uma ‘prova’ de qual cidade é melhor. Mas a gente está com o pensamento firme, respeitando muito o time de Toledo, sabendo da responsabilidade por ser o primeiro jogo do campeonato, mas encarando a partida com a mesma importância das demais que também valem três pontos”, conta Milton do Ó, técnico do FC Cascavel. 

O atacante Weverton, de 25 anos, já vivenciou essa sensação do “Clássico da Soja” no ano passado. Em 2017, ele disputou o Paranaense integrando o grupo do Toledo. E em 2018, vai entrar em campo vestindo a camisa do Cascavel.  “O clássico para eles também é muito importante. O presidente lá sempre dizia pra gente não perder esse jogo de jeito nenhum, da mesma forma como é no Cascavel hoje. Mas nós não devemos levar essa pressão para dentro de campo. Devemos pensar no jogo, na estreia. Vamos fazer uma boa partida!”, comenta. 


A torcida do FC Cascavel já está nos preparativos para seguir em caravana para o Estádio 14 de Dezembro, em Toledo. “Se tratando de um clássico sempre temos mais expectativa, né? Esperamos um bom começo de campeonato e acreditamos na vitória do Cascavel. É apenas o início da temporada, mas pelo que acompanhei dos amistosos e treinos, vejo que o time está muito bem preparado. Por começar com um clássico mexe mais com nossa emoção. Acredito que vamos ter um ótimo público de Cascavel dando apoio para o nosso time”, avalia Dirceu Weich, presidente da torcida organizada da Serpente Aurinegra. 


Fonte: Contelle/Fotos: Sandra Zama

© Copyright 2022 Grupo Tarobá