LEC, dólar e gasolina 24 anos depois

Júlio Sodré
Esportes | Publicado em 14/09/2018 às 21:19

Foto: Lucas Costa fez o gol que quebrou um tabu de 24 anos - Gustavo Oliveira/Londrina EC

O gol do zagueiro Lucas Costa na noite desta sexta-feira, no finalzinho do primeiro tempo da partida contra o Coritiba, marcou muito mais do que uma simples vitória alviceleste no Campeonato Brasileiro da Série B. Até então, o último resultado positivo do Londrina sobre o Coxa na capital do estado havia sido em 1994.


Naquela época, a cotação do real para o dólar era quase um para um. O preço do litro da gasolina custava aproximadamente 50 centavos. Itamar Franco era o presidente do Brasil e ainda não existia a guerra de "coxinhas" contra "mortadelas". Os eleitores não se importavam com política como hoje. Nas linhas de produção da Volkswagen, o Fusca, em versão atualizada, ainda era fabricado.


No contexto do futebol local, o Londrina tinha a menos um título do Campeonato Paranaense e uma taça da Copa da Primeira Liga. Primeira Liga, aliás, nem existia. Mas existiam coincidências. Se as últimas temporadas do LEC empolgaram os torcedores, naquela época o Tubarão havia sido campeão estadual em 1992 e vice-campeão em 1993 e 1994.


Hoje, viramos uma página da história do LEC. O time voltou a vencer em Curitiba. Que até a próxima vitória alviceleste na capital do nosso estado os nossos carros tenham valores mais próximos do poder aquisitivo do brasileiro, que o real se valorize em relação ao dólar, que o preço da gasolina baixe e que nossos eleitores aprendam a eleger políticos. Ah! E que o Tubarão conquiste outros títulos e encerre outros longos jejuns. 



Quer me seguir nas redes sociais?

facebook.com/sodrejulio

instagram.com/sodrejulio

twitter.com/sodrejulio



Relacionados

Esportes | 20-03-2019 19:04

A semana que o basquete teve mais torcida que o futebol

A semana que o basquete teve mais torcida que o futebol

Esportes | 19-02-2019 22:25

O barato saiu barato

O barato saiu barato

Esportes | 01-02-2019 15:26

O "trem" da vida só passa uma vez...

O "trem" da vida só passa uma vez...

Esportes | 17-12-2018 19:31

Um ataque com cara de segunda chance no LEC

Um ataque com cara de segunda chance no LEC

PUBLICIDADE