Bateu a saudade de casa e do ninho

Luciano Neves
Esportes | Publicado em 12/01/2019 às 11:10

Fotos: Luciano Neves

O dia 06 de junho de 2018 foi inesquecível para o goleiro Alê Falcone. Naquele dia, ele se despedia do Cascavel Futsal, clube que defendeu por mais de um ano. Na ocasião, a Serpente Tricolor enfrentou o Marreco de Francisco Beltrão, time que mais tarde disputaria o título do Campeonato Paranaense da Chave Ouro e ficaria com o vice-campeonato, no ginásio da Neva. Alê Falcone ficou pouco tempo em quadra. Ele já tinha traçado um novo destino: depois daquela partida, iria se transferir para o futsal português. Na época, Alê Falcone recebeu uma proposta que, para ele, era irrecusável. Era a chance para o goleiro construir uma carreira internacional. No dia 06 de junho, o camisa 20 se esvaiu em lágrimas. Lágrimas verdadeiras de quem estava deixando uma casa acolhedora. Foi embora e prometeu voltar. Alê Falcone havia se sentido muito bem no período que passou por Cascavel. E olha que ele teve outras casas que foram marcantes, como a passagem por Guarapuava, onde foi campeão paranaense, e Carlos Barbosa, quando conquistou a Liga Nacional.

Mas nem tudo na vida são acertos. Alê Falcone não conseguiu construir a carreira internacional em Portugal como desejava. Segundo ele, a promessa foi uma e a realidade foi outra. A expectativa de um futuro melhor foi substituída pela frustração. “A passagem em Portugal foi muito frustrante. Optei por deixar Cascavel, um lugar onde eu me sinto bem e vivi bons momentos. Lá, foi somente por uma proposta oferecida que iria ser uma grande oportunidade de mudar a minha vida e da minha família, mas chegando lá, passamos por algumas dificuldades”, relatou ele.

Como um filho arrependido, o óbvio era retornar para casa. A saudade bateu e Alê Falcone não pensou duas vezes: queria mesmo voltar para Cascavel. Quando saiu, o goleiro deixou uma porta aberta. Por sorte, essa porta continuou aberta para ele, independente das mudanças drásticas que ocorreram no Cascavel Futsal. Ou seja, a camisa 20 ficou reservada para ele. Ninguém usou este número depois da sua saída. Alê Falcone foi um dos primeiros jogadores no novo elenco da Serpente Tricolor a ser anunciado. Sua contratação ocorreu antes mesmo do anúncio do técnico Cassiano Klein, que irá substituir Nei Victor no próximo ano. Logicamente, Alê Falcone comemorou a volta para casa. “Vestir a camisa do pentacampeão paranaense é um orgulho muito grande! Um lugar onde eu e minha família nos sentimos em casa e sempre fomos muito bem tratados dentro e fora de quadra!”, disse o goleiro.

Alê Falcone prometeu ser o mesmo atleta voluntarioso da primeira passagem no clube. “Sempre que entrei em quadra pelo Cascavel Futsal, eu procurei dar o meu melhor. E para essa nova temporada, o que mais quero é levar o Cascavel aonde ele sempre mereceu estar, que é disputando todos os títulos!”, disse.

Se a passagem por Portugal foi frustrada, Alê Falcone quer recuperar esse prejuízo defendendo as cores do Cascavel Futsal. “Mas digo que em tudo se tira um grande aprendizado, principalmente nas dificuldades. Por isso eu tenho que agradecer a diretoria que deixou as portas abertas para o nosso retorno ao Cascavel Futsal e que possamos fazer melhor do que sempre”, disse.

Novo elenco

Nesta temporada, quando retornar ao Cascavel Futsal, Alê Falcone vai encontrar poucos companheiros do time do ano passado. A diretoria confirmou que apenas quatro jogadores do elenco antigo vão permanecer no Cascavel Futsal: o fixo Issamu, os alas Adeirton e Madson e o pivô Jorginho. Para 2019, o novo treinador Cassiano Klein terá um elenco completamente novo. Alê Falcone terá a concorrência do jovem goleiro Barack, ex-Corinthians, e Thiago na posição. “Está sendo feita uma grande reestruturação, tanto quem está chegando como quem ficou vão corresponder nesses aspectos”, avaliou.

E Alê Falcone tratou de buscar informações do novo técnico do Cascavel Futsal. “Dizem que o Cassiano é um treinador muito dedicado, exigente e detalhista. É muito trabalhador e os treinos são bem intensos. É inteligente e um estudioso do futsal”, disse ele.

A apresentação do novo elenco do Cascavel Futsal e da comissão técnica está marcada para a próxima terça-feira (15), às 16 horas, no ginásio da Neva. 



Relacionados

Esportes | 08-06-2019 21:17

Cascavel Futsal vence Joaçaba pela Liga Nacional

Cascavel Futsal vence Joaçaba pela Liga Nacional

Esportes | 08-06-2019 12:20

Jeep Clube de Cascavel promove o Trilhão da Cobra

Jeep Clube de Cascavel promove o Trilhão da Cobra

Esportes | 08-06-2019 11:07

Meninas do Cascavel Futsal enfrentam Londrina

Meninas do Cascavel Futsal enfrentam Londrina

Esportes | 08-06-2019 11:00

Cassiano Klein enfrenta seu ex-time hoje

Cassiano Klein enfrenta seu ex-time hoje

PUBLICIDADE