Nada melhor que o aconchego do lar para as meninas

Luciano Neves
Esportes | Publicado em 21/07/2019 às 10:05

O Cascavel Futsal Feminino fez apenas dois jogos em casa nesta edição do Campeonato Paranaense da Chave Ouro. E só um deles foi no ginásio Sérgio Mauro Festugatto. Essa partida, aliás, foi há bastante tempo. As meninas do técnico Luiz Buchecha jogaram em casa pela última vez no dia 02 de junho. Na ocasião, o Cascavel Futsal Feminino goleou o Colombo por 6 a 2.

O time volta a jogar em casa neste domingo (21) e faz um clássico contra o Toledo Futsal, às 14h30, no Sérgio Mauro Festugatto. Muita coisa mudou entre a vitória sobre Colombo e o duelo deste domingo. A carioca Karina, que foi destaque naquela vitória, não faz mais parte do elenco. A jogadora se transferiu para o Rio de Janeiro e trocou as quadras pelos gramados para defender as cores do Fluminense. Com aquela vitória, o time cascavelense ainda tinha 100% de aproveitamento no Estadual. Mas depois daquele jogo, não conseguiu pontuar mais no Estadual. O Cascavel Futsal Feminino sofreu duas derrotas para Londrina e Telêmaco Borba. A defesa, que vinha se destacando pela solidez, viu esse desempenho se despedaçar com a goleada sofrida para Telêmaco Borba por 10 a 2, em sua última partida pelo Estadual.

De acordo com este relato, parece que apenas coisas ruins aconteceram para o Cascavel Futsal Feminino. Mas teve coisa boa também. O time deu uma pausa no Campeonato Paranaense da Chave Ouro para disputar a fase regional dos Jogos Abertos do Paraná (Jap’s), em Guaraniaçu. Cascavel foi campeã com 100% de aproveitamento com cinco vitórias em cinco jogos, nos dois fins de semana de competição. Na semifinal, não teve conhecimento de Ramilândia e venceu por 8 a 0. E na grande final, o time goleou as anfitriãs de Guaraniaçu por 4 a 0. Dessa forma, Cascavel está classificada para a fase final da divisão B dos Jap’s. Essa etapa da competição será no fim de agosto em Ivaiporã. Luiz Buchecha fez um balanço da participação da equipe nos Jap’s e afirma que o time quer a vaga na divisão A, em outubro. “Nesta primeira etapa, conseguimos o nosso objetivo que era passar pela fase regional. Nosso objetivo agora é subir a equipe. Entendemos que Cascavel, pelo tamanho da cidade, precisa estar jogando a divisão A dos Jogos Abertos”, disse ele.

Clássico

Mas antes da busca por uma vaga para a divisão A dos Jogos Abertos do Paraná (Jap’s), cuja disputa será no município de Toledo, o Cascavel Futsal Feminino tem o Toledo pela frente pelo Estadual. Além de ser um clássico, trata-se de um confronto direto entre as duas equipes. As meninas da Serpente Tricolor ocupam o quarto lugar na tabela com nove pontos. Já o adversário deste domingo é o quinto colocado com oito. “Vai ser um jogo extremamente difícil. Nós estamos no quarto lugar e Toledo é o quinto. Se vencer passa nós. Então é um confronto direto. E por se tratar de um clássico, vai ser uma partida muito puxada. Mas trabalhamos no decorrer desta semana com o foco para esta partida”, disse o treinador.

E a grande notícia para as meninas do Cascavel Futsal Feminino será justamente a volta para casa. Segundo Buchecha, o Sérgio Mauro Festugatto pode fazer a diferença neste domingo. “O nome já diz: é casa. Precisamos fazer valer esse fator e nos impor dentro de quadra”, finalizou o técnico.



Relacionados

Esportes | 17-08-2019 11:39

O camisa 9 do tetra em Cascavel

O camisa 9 do tetra em Cascavel

Esportes | 16-08-2019 22:33

Cassiano Klein tem a faca e o queijo na mão

Cassiano Klein tem a faca e o queijo na mão

Esportes | 16-08-2019 19:56

Os grandes vitoriosos do Bom de Bola

Os grandes vitoriosos do Bom de Bola

Esportes | 16-08-2019 13:17

Cascavel Futsal enfrenta a Intelli de São Carlos pela Liga Nacional

Cascavel Futsal enfrenta a Intelli de São Carlos pela Liga Nacional

PUBLICIDADE