O jogo do ano para o Cascavel Futsal

Luciano Neves
Esportes | Publicado em 05/10/2019 às 09:09

A situação é adversa para o Cascavel Futsal. O time do técnico Cassiano Klein foi derrotado no jogo de ida das oitavas de final da Liga Nacional. No último domingo, perdeu para o Jaraguá por 4 a 1, em Santa Catarina. Agora, precisa contornar essa situação. Para isso, precisa vencer o time catarinense no jogo que será neste sábado (05), às 20h30, no ginásio Elvira Menin, em Santa Tereza do Oeste. Só a vitória não basta para a classificação para as quartas de final. O resultado positivo no tempo normal levará o confronto para uma prorrogação. E aí o Cascavel Futsal passa a jogar pelo empate para avançar, transferindo a responsabilidade de vitória para o Jaraguá.

A Serpente Tricolor escolheu o ginásio do município vizinho para sediar este jogo decisivo. Com o ginásio da Neva passando por reformas, o time não teve condições de atuar no ‘ninho genuíno’. E pelo andamento dos trabalhos não deve atuar mais na Neva em 2019. O Cascavel Futsal passou a jogar no ginásio da Associação Atlética Coopavel e teve bons números neste local. O time fez dez jogos com seis vitórias e quatro empates. Portanto, permaneceu invicto na Coopavel. O problema foi o baixo público, o que implicou na renda do time.

Em Santa Tereza do Oeste, a torcida tem o mesmo problema de distância. Mas está se mobilizando para apoiar o time no jogo mais importante do ano até o momento. E o município de Santa Tereza abraçou o Cascavel Futsal no sentido de lotar o ginásio Elvira Menin e impulsionar a Serpente Tricolor para a próxima fase. O técnico Cassiano Klein conta com isso nessa casa que será uma novidade para ele. “Temos que jogar e representar bem dentro de quadra. Isso reflete na arquibancada que cria uma atmosfera favorável para nós. O nosso torcedor fez a diferença durante todo o ano e não tenho dúvida de que, neste momento crucial, vai empurrar muito a nossa equipe. Precisamos desse apoio. O nosso torcedor precisa entender que será um grande desafio. Em alguns momentos do jogo nossa equipe vai ter que sofrer. O objetivo de todos é passar de fase. Vamos lutar muito para conseguir a vitória no tempo normal. E depois segurar o empate, que nos ajuda, ou então buscar a vitória na prorrogação”, disse o técnico Cassiano Klein.

Serpente Tricolor busca a vaga nas quartas pela terceira vez

O Cascavel Futsal não tem um retrospecto muito favorável no ‘mata-mata’ da Liga Nacional. Mas vai tentar mudar isso no duelo deste sábado (05) contra o Jaraguá. Se conseguir superar o time catarinense e avançar para as quartas de final do torneio, a Serpente Tricolor conseguirá passar pela primeira vez num confronto de mata-mata. Em outras situações, o time conseguiu avançar para as fases posteriores, mas a Liga Nacional tinha outro formato. Ou seja, o Cascavel Futsal nunca conseguiu levar a melhor num confronto de mata-mata do torneio. No ano passado, a Serpente Tricolor alcançou a fase de oitavas de final. Porém, caiu diante de outro time de Santa Catarina, o Joinville, com um empate em casa em 5 a 5 e uma derrota como visitante.

Em duas oportunidades, o time cascavelense chegou nas quartas de final. O detalhe é que a segunda fase nas edições de 2011 e 2013 teve outro formato, com a formação de quatro grupos com os 16 classificados. Nestes anos, o time passou pelas duas primeiras fase e chegou no ‘mata-mata’. Porém, não teve sucesso. Em 2011, perdeu para o Santos de Falcão. Dois anos depois, caiu diante da Intelli. Nessa edição, conseguiu uma vitória importante no jogo de ida por 4 a 1 no ginásio Sérgio Mauro Festugatto. Mas foi derrotado no tempo regulamentar e foi eliminado na prorrogação.

Aliás, o Cascavel Futsal vinha tendo fracassos em duelos eliminatórios de mata-mata. No Paranaense da Chave Ouro, levou a melhor sobre o Campo Mourão nas quartas de final de 2017. Depois caiu nas semifinais diante do Marreco. No ano passado, além da queda na Liga, também caiu nas quartas do Estadual diante do Marreco. Mas este ano, afastou esse fantasma ao levar a melhor na Liga Futsal Paraná. Essa competição tem apenas jogos eliminatórios de ida e volta. E conseguiu a classificação ao vencer as duas partidas sobre o Siqueira Campos.

Marechal se despede da Liga

O sonho do título inédito do Marechal terminou na noite desta sexta-feira (04). O time paranaense foi derrotado pelo Sorocaba por 6 a 2, no jogo de volta das oitavas de final. O time paulista agora aguarda outro representante do Paraná. O adversário do Sorocaba sairá do duelo entre Campo Mourão e Foz Cataratas. As duas equipes se enfrentam neste domingo (06) e a equipe da fronteira tem a vantagem do empate.




Relacionados

Esportes | 12-11-2019 22:18

Resultados distintos na primeira rodada do Brasileiro de handebol

Resultados distintos na primeira rodada do Brasileiro de handebol

Esportes | 12-11-2019 15:19

Águas passadas no Paranaense de handebol adulto

Águas passadas no Paranaense de handebol adulto

Esportes | 12-11-2019 11:44

A um empate de mais uma decisão da Chave Ouro

A um empate de mais uma decisão da Chave Ouro

Esportes | 09-11-2019 11:39

Só o Nei Victor pode ser hexa

Só o Nei Victor pode ser hexa

PUBLICIDADE