Linha 4

Publicidade

O terceiro ‘Clássico do Veneno’ da história

Luciano Neves

FC Cascavel e Cascavel CR se enfrentam pela terceira vez. Foto Felipe Fachini

O ‘Clássico do Veneno’ traz boas lembranças para a torcida do FC Cascavel. O confronto ocorreu apenas duas vezes na história e, em ambas, a comemoração foi aurinegra. O primeiro encontro entre os dois times de Cascavel no futebol profissional ocorreu no dia 31 de março de 2019. Aquele clássico terminou empatado em 1 a 1, mas o jogo teve sabor de vitória para o FC Cascavel, que buscou o empate no fim da partida e o resultado encaminhou a classificação da Serpente Aurinegra para a Série D do Brasileiro. Já o segundo encontro ocorreu no dia 26 de janeiro do ano passado e a vitória foi do FC Cascavel por 3 a 0, com três gols de Paulo Sérgio.

O terceiro ‘Clássico do Veneno’ da história será nesta quinta-feira (1º), às 16 horas, no Estádio Olímpico Regional, em jogo válido pela quinta rodada do Campeonato Paranaense. Ao contrário do que ocorreu nos dois encontros anteriores, o mando do jogo desta quinta é do Cascavel CR. Aliás, a Serpente Tricolor não queria a realização da partida. O técnico Luis Carlos Cruz tem uma série de problemas para escalar a equipe. O treinador, que deve fazer a sua estreia oficial no comando da equipe, perdeu o goleiro Tom Cristian e o atacante Gabriel Oliveira, que foram expulsos. E ainda não pode contar com os reforços.

Reforços

Em processo de reformulação, a diretoria do Cascavel CR contratou sete reforços: o lateral Adriano, o volante Hildo, os atacantes Wilsinho, Wellington, Wanderlan, e Bruno Sammario. Nesta quarta, foram anunciados mais dois reforços. Um deles é o atacante Lucas Coelho, de 26 anos, que teve passagens por Grêmio, Cianorte e Hercílio Luz. Lucas Coelho, inclusive, já teve o privilégio de balançar as redes no Estádio Olímpico Regional em 2015. Na ocasião, o atleta ainda defendia as cores do Grêmio e participou de um amistoso do Tricolor Gaúcho contra o FC Cascavel, no dia 25 de janeiro daquele ano. O duelo terminou empatado em 1 a 1 e Lucas Coelho anotou o gol do Grêmio. “Tive a felicidade de fazer o gol. Acho que até foi no último minuto. Então já tenho um bom retrospecto aqui no estádio de Cascavel. Espero poder fazer mais gols aqui, agora pelo Cascavel CR para ajudar o clube aí nos seus objetivos”, disse. O zagueiro Vagno, de 26 anos, também fará parte do elenco da Serpente Tricolor.

O técnico Luiz Carlos Cruz teve uma boa notícia. Cinco destes reforços tiveram seus nomes publicados no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF. Wellilngton, Lucas Coelho, Leonardo, Adriano e Vanderlan podem estrear.

Luis Carlos Cruz quer a primeira vitória. Foto Luciano NevesLuis Carlos Cruz quer a primeira vitória. Foto Luciano Neves

FC Cascavel

Se o momento não é nada bom para o Cascavel CR, para o FC Cascavel é mais do que oportuno. O time do técnico Tcheco tem um ótimo início de temporada e tem 100% de aproveitamento. No Paranaense, o time soma nove pontos ganhos e vem de uma vitória por 1 a 0 sobre o Operário de Ponta Grossa. A equipe ainda não sofreu gols no Estadual e quer a vitória para se manter na primeira posição. “Entendemos que precisamos ter uma preparação tática, física e mental muito forte para desenvolver o futebol que apresentamos até aqui. Estamos em processo final de treinamentos para essa partida, com muito respeito ao adversário, e vamos buscar um bom resultado para dar respostas ao nosso torcedor”, falou o técnico Tcheco.

Tcheco defende os 100% de aproveitamento. Foto Felipe FachiniTcheco defende os 100% de aproveitamento. Foto Felipe Fachini

Os artigos dos blogs não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor do texto.

COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade