Londrina
Cascavel

TV Tarobá

Tarobá FM

  • Londrina
  • Cascavel

Quem vai segurar o Cascavel Futsal?

21/10/20 às 23:44 - Escrito por Luciano Neves

O desejo da torcida da Serpente Tricolor é que ninguém seja capaz de segurar o time. Por enquanto, o Cascavel Futsal continua invencível em quadras paranaenses. Foi possível sentir a empolgação dos torcedores que acompanharam a transmissão do jogo entre Cascavel Futsal e Foz Cataratas pelo portal Tarobá News, a grande novidade do Grupo Tarobá de Comunicação. O jogo válido pela Liga Paraná ocorreu na noite desta quarta-feira (21), no ginásio da Neva. A Serpente Tricolor derrotou o rival no clássico por 5 a 0. Os gols da partida foram de Gustavinho, Johnny, Zequinha, David e Carlão. Os números justificam a empolgação do torcedor. O time fez o 23º jogo na temporada e conseguiu a 16ª vitória. Foram mais cinco empates e apenas duas derrotas. O time tem 100% de aproveitamento nas duas competições estaduais. Na Liga Paraná, o time lidera o Grupo B com 18 pontos. Ao todo, o Cascavel Futsal chegou a 69 gols no ano. E a defesa foi vazada apenas 23 vezes. Ou seja, tem a média de um gol sofrido por partida, uma marca significativa no futsal.

O Cascavel Futsal, de Cassiano Klein, sempre se notabilizou por sofrer poucos gols. Mas também fazia pouco. Nos últimos jogos, o time ganhou notoriedade pelo alto número de bola na rede. Foram 21 gols nos últimos quatro jogos. E detalhe: apenas um gol sofrido. Nessa sequência, o time derrotou o Maringá por 9 a 0 pela Liga Paraná, fez 2 a 1 no Marreco, pelo Paranaense da Série Ouro, derrotou o Pato Futsal fora de casa pelo placar expressivo de 6 a 0, na última segunda-feira, também pelo Estadual. E concluiu essa sequência com a vitória por 5 a 0 sobre o Foz Cataratas.

O time ganhou uma folguinha e volta a atuar na próxima semana, dia 27 de outubro, contra o Marreco, também pela Liga Paraná. E depois fecha a fase de classificação da Liga Nacional contra o Joinville, no dia 31 de outubro, em Santa Catarina.

Como está classificado nas três competições, o desafio de Cassiano Klein será manter o alto nível apresentado até agora nos jogos de mata-mata. Para, aí sim, justificar a empolgação do treinador.

© Copyright 2022 Grupo Tarobá