FIM DA “SÍNDROME DO BARIGUI”: DENTES NOVOS NO TUBARÃO?

Seo Tuba
Esportes | Publicado em 15/09/2018 às 18:55

Sim irmão alviceleste, vencemos o coxa depois de 24 anos... Mas o que isso significa de verdade?

Quem é londrinense de verdade (como eu) só tem o LEC como único time do coração e sabe que o jornalismo esportivo da cidade criou  uma tal de “Síndrome do Barigui” que é um parque na entrada de Curitiba.

A tal da síndrome é por conta da dificuldade histórica em vencer jogos contra os times da capital, mas parece que algo muito importante começou a mudar e é justamente os dentes novos mostrados que se resume em uma simples palavra: CORAGEM!

Ao renunciar a antiga tradição de escalar 3 volantes (as vezes 4!) quando íamos jogar na capital, o mito Roberto Fonseca (sim ele mitou) ousou e escalou 3 atacantes, mostrando que os dentes agora são outros e não iriamos mais nos encolher jogando depois do Barigui...

Essa mudança de postura precisa vir acompanhada de uma mudança de torcida também, que precisa ser mais presente, mais fanática, mais pé vermelha e querer cuidar dessa nova fase.

Não, não foi um simples acidente ou uma simples vitória, foi uma mudança de postura, fomos depois de muitos anos um Tubarão de verdade no Couto Pereira, pois fomos lá para atacar e não ficar como uma sardinha amedrontada.

Aguardemos então a parte II dessa história, terça-feira próxima as 21:30 é dia de ir ao Cafezão com a faca nos dentes, a mesma que o time tem usado, gritar, sofrer (se não é sofrido não é Tubarão), ser bairrista sim e gritar o orgulho de ser londrinense, mas, acima de tudo: acreditar no único time que nos representa.



Relacionados

Últimas Notícias

PUBLICIDADE