Linha 4

Publicidade

Stein Cascavel busca o título inédito do Estadual

Luciano Neves

O Stein Cascavel decide o título contra o Telêmaco Borba. Fotos Luciano Neves

O projeto do Stein Cascavel é novo, está apenas em seu segundo ano de atividade como equipe profissional de futsal feminino. O time, apesar de jovem, já tem uma conquista nacional no currículo. Agora, quer se estabelecer como o melhor time do Estado do Paraná. Para isso, precisa confirmar o título do Campeonato Paranaense da Série Ouro de futsal feminino. Neste domingo (05), as meninas do técnico Márcio Coelho fazem o jogo de volta da decisão contra o Telêmaco Borba. A partida será às 19 horas, no ginásio da Neva. No primeiro jogo, os dois times empataram em 1 a 1, em Telêmaco Borba. Portanto, o Stein tem a possibilidade de conquistar o Estadual de maneira invicta. Em doze partidas até agora, teve dez vitórias e dois empates. O detalhe é que estes dois resultados de igualdade foram diante do Telêmaco Borba: 1 a 1 na fase de classificação e o empate no jogo de ida da decisão. Isso mostra equilíbrio entre os dois times. Mas Coelho lembra que Stein Cascavel e Telêmaco Borba farão o quarto encontro entre eles. As duas equipes se enfrentaram na rodada de abertura do Novo Futsal Feminino Brasil (NFFB), no dia 08 de março, e o Stein venceu por 4 a 0, na casa do adversário. “A gente teve três partidas contra eles. A primeira delas foi a nossa estreia na competição nacional e a gente conseguiu vencer. Depois, vieram os dois empates no Estadual, ambos por 1 a 1. E as três partidas foram na casa deles. Portanto, este será o primeiro jogo na nossa casa”, disse o treinador.

Márcio Coelho aposta, justamente, no fator ginásio da Neva para conquistar o título estadual. O Stein teve uma boa presença de público no duelo contra o Londrina, pelas semifinais da Série Ouro, e também no jogo de volta das semifinais do NFFB contra o Leoas da Serra. “Acho que a nossa casa pode ser um fator positivo. Temos a nossa torcida. Lá em Telêmaco Borba a gente já teve uma atmosfera bem interessante, a torcida deles jogou junto com a equipe. A gente espera que, em casa, a gente consiga dar para a nossa torcida essa conquista e fechar o Paranaense com vitória. É um projeto novo, mas já está criando uma identidade, uma sinergia, uma empatia com a comunidade, já vimos isso em vários jogos. O pessoal veio e incentivou as meninas. Espero que a torcida venha e incentive as meninas, que seja um grande jogo com todos os ingredientes que uma final pede, mas espero que no fim a gente possa sair vencedor”, disse Coelho.

Márcio Coelho também falou a importância de faturar o título do Estadual. “Para dimensionar assim, é algo enorme. A gente vive no esporte de rendimento e sempre há a cobrança por resultados, mesmo que seja um projeto novo. Vai ser fantástico, mas final é sempre diferente. Já vivenciei isso como treinador e como atleta, mas sempre é um jogo diferente. E ser campeão muda a vida de todo mundo. A gente fala em fazer história, mas queremos escrever um novo capítulo da história do Stein, mesmo sendo uma história recente. Não tem outra forma a não ser o trabalho, e a gente trabalhou demais. Espero que a gente possa coroar todo o trabalho com esse título aí”, disse.

Os artigos dos blogs não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor do texto.

COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade

Nós usamos cookies teste site para lhe proporcionar a melhor experiência possível lembrando de preferências em visitas anteriores. Clicando em "Aceitar" você aceita o uso de cookies e nossos Termos de Uso.