Indenização de vítima deveria ser definida na esfera penal

Diogo Hutt
Política | Publicado em 30/07/2019 às 11:35

A legislação brasileira permite que o juiz da esfera penal condene criminosos ao pagamento de indenização a vítima. No entanto, a legislação limita essa indenização a mínima possível, lembrando que quando ela ocorre na esfera penal. Caso a vítima não concorde e queira uma indenização maior terá que recorrer a esfera cível e passar por um novo processo, onde poderá ter que ficar frente a frente com o criminoso novamente. Na minha opinião tinha que encerrar tudo em um único julgamento, tudo na esfera penal, sem o limite da condenação máxima ser justamente a mínima. Veja meu comentário de hoje no Primeira Hora. 



Relacionados

Política | 27-08-2019 13:19

A homofobia de quem acusa

A homofobia de quem acusa

Política | 23-08-2019 10:22

Código penal não prevê crime para quem faz sexo com cadáver

Código penal não prevê crime para quem faz sexo com cadáver

Política | 20-08-2019 11:38

Furtar para comer é crime? Entenda o que não diz nossa lei

Furtar para comer é crime? Entenda o que não diz nossa lei

Política | 14-08-2019 09:19

Presos: matamos, ressocializamos ou escravizamos?

Presos: matamos, ressocializamos ou escravizamos?

PUBLICIDADE