Sessão da câmara de Jataizinho termina com bate boca e polícia

Diogo Hutt
Política | Publicado em 01/08/2019 às 09:35

A sessão extraordinária desta quarta-feira (31) da câmara de vereadores de Jataizinho, 25 km de Londrina, acabou em bate boca e polícia. A confusão teria começado quando o vereador Adir Leite de Lima (PCdoB), foi empossado como presidente da casa no lugar de Maurílio Martielho (PSD). Aparentemente Maurílio não aceitou sair da cadeira de presidente, entrando em discussão com Adir Leite, os ânimos ficaram exaltados e a polícia teve que intervir.

A troca no comando da câmara ocorreu por determinação judicial. Um mandado de segurança impetrado pelo então vice presidente, Adir Leite de Lima, pediu a destituição do então presidente Maurílio Matielho. O pedido foi embasado numa suposta omissão de Martielho, que não teria respeitado o regimento interno ao não encaminhar para as comissões um pedido de destituição feito contra ele e assinado por seis vereadores. 

Na decisão o juiz substituto João Henrique Coelho Ortolano determina que o vice presidente assuma a presidência para convocar sessão extraordinária, dando prosseguimento, de acordo com o regimento interno, ao processo previsto em caso de pedido de destituição do presidente. O juiz determinou ainda multa diária de R$ 1.000,00 em caso de descumprimento e caso ainda assim não seja cumprida que o vereador Martielho seja afastado totalmente da função de vereador e não apenas da presidência.  

Martielho, mesmo já destituído da presidência, teria dado a sessão como encerrada e a confusão aumentou. A energia do prédio da câmara chegou a ser desligada. Três viaturas da polícia militar foram deslocadas para controlar a situação.



Relacionados

Política | 27-08-2019 13:19

A homofobia de quem acusa

A homofobia de quem acusa

Política | 23-08-2019 10:22

Código penal não prevê crime para quem faz sexo com cadáver

Código penal não prevê crime para quem faz sexo com cadáver

Política | 20-08-2019 11:38

Furtar para comer é crime? Entenda o que não diz nossa lei

Furtar para comer é crime? Entenda o que não diz nossa lei

Política | 14-08-2019 09:19

Presos: matamos, ressocializamos ou escravizamos?

Presos: matamos, ressocializamos ou escravizamos?

PUBLICIDADE