Cenas de um domingo de carnaval

Fernando Brevilheri
Política | Publicado em 24/02/2020 às 14:19

A festa de carnaval em Londrina surpreendeu pelo número de pessoas que foi até o aterro do lago igapó neste domingo. Segundo a organização, cerca de 50 mil foliões seguiram o trio elétrico comandado pelo excelente grupo Bafo quente.

A foto divulgada pela prefeitura de Londrina mostrou um mar colorido ocupando o cartão-postal da cidade. Vimos famílias, crianças, gente que levou pets e muita alegria. Mas não podemos ficar indiferentes a cenas que nos fazem refletir sobre o nível de civilidade e se estamos mesmo preparados para tais eventos.

Sem querer cometer o pecado da generalização, refiro-me àqueles irresponsáveis que maltratam o meio ambiente, depredaram o patrimônio público e arranharam o que seria uma das maiores festas populares já vistas na cidade.

Jovens e adolescentes bêbados, carregados por amigos,  tropeçando e caindo. Alguns desses exibindo garrafas de vodka, pinga e até whisky. Teve gente que saiu carregada e foi direto buscar atendimento médico.

Quando a festa acabou a imagem que se viu sobre o gramado do aterro foi deprimente. Os foliões ignoraram as seis caçambas espalhadas pelo local e jogaram papéis, copos plásticos, latas, garrafas (muitas estilhaçadas em cacos de vidro oferecendo risco para quem caminha) e até fantasias.  Isso mesmo. Havia até um mais desavergonhado só de cueca e com uma capa nas costas.

A CMTU colocou uma equipe para limpar o local que só ficou pronto no início da tarde.

Tudo isso, sem contar a ação de vândalos que derrubaram um poste recém- instalado pela Sercomtel iluminação. Lixeiras ao redor do lago também foram destruídas.

Vai ter Bis

Nesta terça feira tem “repeteco”. Desta vez na praça nishinomiya perto do aeroporto.  E vale a pergunta: Será que aprenderemos a lição? Ou a manhã de quarta-feira de cinzas será a mesma coisa. Fica o alerta para moradores do entorno.

Dengue

Já que falamos em sujeira. Enquanto milhares de pessoas se divertiam atrás do trio elétrico, o domingo foi de sofrimento para quem precisou de atendimento na rede de saúde. Centenas de londrinenses com sintomas de dengue (e outras doenças)  passaram horas esperando a vez nas unidades de plantão.

Na zona norte de Londrina o PA os pacientes fizeram fila logo cedo e a unidade ficou superlotada. O último boletim revelou que a cidade tem mais de 1.600 casos confirmados da doença. Se esse número passar de dois mil, estaremos numa epidemia.



Relacionados

Política | 24-03-2020 15:14

Fernando Madureira reassume mandato e se propõe a ajudar no combate a COVID-19

Fernando Madureira reassume mandato e se propõe a ajudar no combate a COVID-19

Política | 23-03-2020 11:09

Câmara suspende atendimento presencial e cria comitê para acompanhar crise do Covid-19

Câmara suspende atendimento presencial e cria comitê para acompanhar crise do Covid-19

Política | 22-03-2020 13:14

Aplicativo mostra queda dos preços dos combustíveis em Londrina

Aplicativo mostra queda dos preços dos combustíveis em Londrina

Política | 20-03-2020 09:41

Fernando Madureira reassume vaga na Câmara segunda-feira

Fernando Madureira reassume vaga na Câmara segunda-feira

PUBLICIDADE