IPTU: Projeto popular será outra prova de fogo para vereadores

Fernando Brevilheri
Política | Publicado em 28/09/2018 às 16:59

O blog apurou que a comissão de finanças da câmara dará parecer contrário ao projeto de lei de iniciativa popular que revoga a planta de valores e consequentemente o aumento no IPTU. No entanto, a comissão tem a prerrogativa de deixar a decisão a critério do plenário.

O relator será o vereador Jamil Janene do PP fiel aliado do prefeito Marcelo Belinati na câmara. Jamil deverá demonstrar que a proposta que nasceu da insatisfação de milhares de londrinenses, vai causar um rombo nas contas da prefeitura.

O parecer da prefeitura expedido com data de 10/09/2018 em resposta ao ofício do legislativo informa que de Janeiro até 31/07/2018, o município teve incremento de R$57 milhões na receita em relação ao mesmo período de 2017. O documento está disponível no site da câmara. cml.pr.gov.br

Ao blog, Jamil adiantou que se o projeto popular for aprovado o município vai parar obras como o viaduto da dez de dezembro, reformas e construção de escolas, creches e postos de saúde. Além disso, o município poderá dispensar centenas de servidores em estágio probatório e inviabilizar a CAAPSML – Caixa de Assistência e Pensão dos Servidores Públicos Municipais.

Plenário

Mas e se a decisão ficar mesmo com o plenário? Alguns vereadores já provaram que não sabem lidar com assuntos polêmicos. Foi assim na aprovação do aumento do IPTU onde teve parlamentar que se embananou na hora de votar. Também houve quem votou favoravelmente ao projeto e foi até hostilizado por cidadãos. Outro exemplo que colocou em xeque o posicionamento dos nobres edis foi o julgamento de Rony Alves e Mario Takahashi. Teve gente que se absteve e não convenceu o eleitor da decisão. A comissão de finanças deve se reunir no dia 10 para analisar o projeto.

Naturalmente que o reajuste na planta de valores foi um estrago no bolso do contribuinte, mas é preciso lembrar que sem receita – a conta não fecha. A elevação do imposto também provocou alta na inadimplência na prefeitura.  Não estranhem, se Marcelo propuser anistia aos devedores no final do ano.



Relacionados

Política | 18-02-2020 09:09

PODEMOS tem pelo menos dois pré-candidatos a prefeito

PODEMOS tem pelo menos dois pré-candidatos a prefeito

Política | 17-02-2020 09:08

Vice-prefeito e secretários de Marcelo Belinati devem deixar o MDB

Vice-prefeito e secretários de Marcelo Belinati devem deixar o MDB

Política | 11-02-2020 16:14

Eleições 2020: tem novo nome para prefeitura de Londrina

Eleições 2020: tem novo nome para prefeitura de Londrina

Política | 08-02-2020 16:50

Delegado é pré-candidato a prefeito de Londrina mas está sem partido

Delegado é pré-candidato a prefeito de Londrina mas está sem partido

PUBLICIDADE