Marcelo Belinati: "Situação da Sercomtel será resolvida"

Fernando Brevilheri
Política | Publicado em 11/09/2018 às 17:11

Imagem: Arquivo

A decisão do Conselho de Administração agora está em ata com data de 8 de agosto de 2018. Os técnicos analisaram minuciosamente a situação da Sercomtel e decidiram que não irão aportar recursos. Esta era uma estratégia do prefeito Marcelo Belinati (PP) para retardar o processo de caducidade que tramita na ANATEL – AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES.

A ANATEL havia pedido um plano de ação – como uma espécie de defesa – no processo contra a operadora de telefonia londrinense.

Segue o trecho da ata a que o blog teve acesso:

“Considerando a baixa expectativa de responsabilidade da Copel frente ao passivo da Sercomtel, os membros do CAE recomendaram ao Conselho de Administração que oriente a Diretoria Executiva da Copel (Holding) no sentido de não realizar aportes nesta Coligada e relacionamento que possa caracterizar expectativa de direitos por parte da Sercomtel, o que foi acatado por este Colegiado. Adicionalmente, orientaram que não sejam mais investidos, na coligada Sercomtel, recursos de tempo, estudos e ações considerando o parecer técnico apresentado ao Conselho de Administração, corroborado por análise jurídica da equipe interna da Copel.”

Aguarda-se agora um posicionamento do prefeito Marcelo Belinati sobre o assunto. A assessoria informou que Marcelo está em Curitiba e um dos assuntos é justamente esse. O chefe do executivo se limitou a informar que "está caminhando bem e a situação da Sercomtel será resolvida". Marcelo já demonstrou que está empenhado em “salvar” a Sercomtel mas ainda não achou o caminho. O prefeito chamou as entidades e tem insistido no discurso que a Sercomtel é viável e que o problema vem de outras gestões. E de fato ele tem certa razão. O passivo da Sercomtel foi gerado a partir de decisões equivocadas do passado. Mas agora não há que se fritar ninguém.

O problema é que quando uma empresa está afundando, muita gente quer tirar o máximo de proveito da situação. Quando a empresa já estava deficitária, várias ações trabalhistas foram interpostas e geraram condenações milionárias.

A fórmula para a Sercomtel estava escrita. Reduzir custos, aumentar receita, e expandir suas operações em áreas estratégicas que lhe dessem fôlego para fazer frente aos investimentos.

A atual diretoria também demonstrou empenho para colocar a Sercomtel de volta ao cenário.

A Operadora tem um patrimônio moral porém o lastro reduzido de atuação fez a Sercomtel minguar. Resta agora saber como os conselheiros da ANATEL vão reagir diante dessa ATA.

No ano do cinquentenário, a decisão da COPEL vem a colocar mais incerteza no futuro da Sercomtel.



Relacionados

Política | 15-08-2019 09:36

Justiça determina afastamento do presidente da câmara de Astorga

Justiça determina afastamento do presidente da câmara de Astorga

Política | 09-08-2019 18:01

Quem são os prefeitos que mandam moradores de rua para Londrina?

Quem são os prefeitos que mandam moradores de rua para Londrina?

Política | 07-08-2019 17:40

Espaços Culturais podem evitar ocupações em prédios públicos

Espaços Culturais podem evitar ocupações em prédios públicos

Política | 02-08-2019 18:24

MP quer providências sobre 'gradil' da rodoviária de Londrina

MP quer providências sobre 'gradil' da rodoviária de Londrina

PUBLICIDADE