Empresário sem receber do Governo conta sobre manutenção da frota

Paulo Martins
Política | Publicado em 15/07/2019 às 13:30

A Assembleia Legislativa do Paraná aprovou semana passada o pedido de quebra dos sigilos bancário, fiscal e telefônico das vinte maiores mecânicas que prestavam serviços para a empresa JMK, responsável por gerenciar a frota de veículos do Governo do Paraná. 

As investigações feitas pela polícia apontaram um prejuízo 125 milhões de reais aos cofres púbicos . Em Cascavel várias empresas foram afetadas pela falta de pagamentos.

Comentário Paulo Martins:

Acrescente-se a esses dados aí divulgados, outros mais, revelados pela policia, como o do numero de oficinas que atendiam a frota do estado, de antes e depois da JMK...antes eram suficientes 37 oficinas para manutenção das viaturas, agora, no embalo do calote, somam-se 1.088 oficinas. 

E a frota do paraná não aumentou tanto assim...o que aumentou foi o numero de vítimas que eram contratadas pela JMK  para fazerem o serviço, vítimas desse núcleo de rasteiras, cujos proprietários foram presos, um deles em hotel de luxo em Campos do Jordão, desfrutando de dias de descanso, boa comida, ótimas bebidas e lazer, junto com a esposa, que talvez nada tenha a ver com a tramoia e o outro preso em casa. 

O que causa surpresa é o conteúdo da nota divulgada pela defesa – nota que também não foi citada na matéria – a que afirma que “todo o trabalho da JMK foi feito dentro da lei”. Se esse golpe está dentro da lei, imagine-se sua dimensão quando aplicado “fora da lei”. A propósito: no processo, dos 125 milhões de prejuízo causado aos cofres do estado, os implicados respondem por: fraude à licitação - falsidade ideológica - falsificação de documento particular - inserção de dados falsos no sistema - fraude na execução do contrato lavagem de dinheiro, enfim, quase tudo que acabou levando pra cadeia muita gente conhecida de certos partidos políticos que hoje fogem da expressão “lava jato” como o diabo foge da cruz.



Relacionados

Política | 12-08-2019 13:17

“Os senhores não tem mais nada o que fazer, não” ???

“Os senhores não tem mais nada o que fazer, não” ???

Política | 09-08-2019 13:13

'R$ 20 bilhões é o lucro dos quatro maiores bancos em três meses'

'R$ 20 bilhões é o lucro dos quatro maiores bancos em três meses'

Política | 08-08-2019 12:51

Um dia depois: como está o colégio em que diretora foi agredida

Um dia depois: como está o colégio em que diretora foi agredida

Política | 07-08-2019 13:03

Aneel determina que alguns orelhões sejam mantidos funcionando

Aneel determina que alguns orelhões sejam mantidos funcionando