'Está difícil, muito difícil do novo governo governar'

Paulo Martins
Política | Publicado em 25/10/2019 às 13:19

Não foram 13 anos...foram 16 anos, pois é preciso incluir também o período Temer no espichado tempo governamental em que a população brasileira viveu altos e baixos, mas mais “baixos do que altos”, principalmente pelo fato de ter sido ela assaltada em fortunas incalculáveis a bordo de atos criminosos que nem chegaram ainda à julgamento do responsável, tendo em vista que foi ele julgado apenas pelos episódios de um sítio e de um triplex. 

Há mais, muito mais “fatos e gatos” e, estando ele recolhido à prisão, parece que essa mesma população esperava, a partir de novas eleições nas quais ela, população, manifestou seu desejo inverso daquilo que viveu e um novo presidente assumia para governar e não para roubar, eis que certas forças – embora decompostas – passaram a praticar espetadas de baixaria no sentido de atropelar a esperança de restauração após aqueles 16 anos. 

Está difícil, muito difícil do novo governo governar e se só isso não bastasse, eis agora uma clara e irrefutável artimanha de parte de setor do qual o que menos se esperava eram artimanhas, mas é de onde passaram elas a ser produzidas de forma até descarada...lá no STF. 

Hoje,  aí está um exemplo prático: depois de algum tempo atrás ter julgado e aprovado a prisão após a segunda instância, foi de forma indecente e destemperadamente retomado o mesmo tema e, aqueles inquilinos deixam-nos farejar um arranjo estratégico – o que também chamam de três cantos - que venha conduzir ao que querem, mas de forma lenta, gradual, como que tateando a cada voto para ver o que pode ocorrer, avançando aos poucos nos dia fatiados – tanto que ficou o golpe final para o vizinho novembro - já que  andam explodindo por aí alguns movimentos violentos – como no chile – e por isso, por aqui, julgar por etapas deve ser o bom, ou seja: “julgar e espiar...julgar e espiar". 

O STF com suas intempestivas intromissões indevidas em setores que não lhe são de direito – como a politica – nesse replay em slow motion, está cutucando a fera com vara curta, de olho nesse possível golpe do STF para libertar lula, nesta sexta mais uma  vez denunciado por revista nacional como um dos mandantes do assassinato de Celso Daniel, até caminhoneiros estão dando grito de alerta a esse STF que tem muitos e muitos débitos morais na conta. 

Em alguns casos passados já produziu até imagens intragáveis em alguns de seus nomes, entre eles Gilmar Mendes e Lewandowski – que para pregarem seus destemperos insistem na retórica bravateira que é preciso respeitar a lei. Só se for a deles gerada por hermenêutica atrapalhada, mesmo porque, essa lei que eles falam que precisa ser respeitada, precisa antes de tudo respeitar a si mesma como lei.



Relacionados

Política | 08-11-2019 12:55

'Quem protege o criminoso é porque é a favor do crime'

'Quem protege o criminoso é porque é a favor do crime'

Política | 01-11-2019 13:00

'Os americanos no velho Oeste enforcavam os ladrões de cavalos'

'Os americanos no velho Oeste enforcavam os ladrões de cavalos'

Política | 18-10-2019 12:59

“Nenhum ministro do STF além desse ponto”

“Nenhum ministro do STF além desse ponto”

Política | 11-10-2019 13:30

'Brevemente estaremos “dando adeus a nossa Amazônia”'

'Brevemente estaremos “dando adeus a nossa Amazônia”'