Investigação apura riscos reais de desabamento em prédios populares

Paulo Martins
Política | Publicado em 09/07/2019 às 12:55

Já dura meses a insegurança de moradores do Jardim União, em Foz do Iguaçu, que vivem preocupados com o risco de desabamento dos prédios do conjunto popular. Um processo de investigação está aberto para verificar quais são os riscos reais e ser e se vai ser necessário interditar o local.

Comentário de Paulo Martins:

A pergunta natural a essa altura é: “por que esses engenheiros anunciados agora não foram chamados quando da entrega da obra?" e outra questão: já chamaram também os engenheiros responsáveis por essa cumplicidade para com um grande desaforo para tentarem justificar o injustificável ?? 

E a propósito: uma situação como essa, embora se saiba que o legislador “não botou a mão na massa”, revela ser ele o maior culpado – o mais responsável pelo fato de conjuntos habitacionais inteiros oferecerem sérios perigos estruturais – e isso não ocorre só em Foz – e é o mais responsável pois tem sido ele – legislador - omisso à solução mais logica para que essa indecência não prospere, solução que vem sendo indicada a anos: “seguro obrigatório para construção de obras públicas”. 

Pronto...seguradoras jamais irão aceitar segurar obras de empresas incompetentes ou irresponsáveis e, dessa forma, problemas como esse não é que serão solucionados...na verdade, deixarão de existir. Mas, haveria alguma razão para se aprovar legislação nesse sentido ?? Há, claro que há...sendo a principal a que se conhece por “campanha eleitoral” e respectivas doações que grande parte de “deu pra entender” ????



Relacionados

Política | 12-08-2019 13:17

“Os senhores não tem mais nada o que fazer, não” ???

“Os senhores não tem mais nada o que fazer, não” ???

Política | 09-08-2019 13:13

'R$ 20 bilhões é o lucro dos quatro maiores bancos em três meses'

'R$ 20 bilhões é o lucro dos quatro maiores bancos em três meses'

Política | 08-08-2019 12:51

Um dia depois: como está o colégio em que diretora foi agredida

Um dia depois: como está o colégio em que diretora foi agredida

Política | 07-08-2019 13:03

Aneel determina que alguns orelhões sejam mantidos funcionando

Aneel determina que alguns orelhões sejam mantidos funcionando