Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel
Londrina
Cascavel

O que vai sair do papel Belinati?

11/12/17 às 09:38 - Escrito por Fernando Brevilheri
Foto: Reprodução/TV Tarobá -

Quem assistiu ao programa Jogo Aberto com o prefeito Marcelo Belinati no sábado teve a sensação de que ele estava falando de outra cidade.

Tirando o ufanismo típico e caraterístico, vimos um show de escapes das perguntas.

Belinati diz que assumiu a cidade com déficit orçamentário de R$120 milhões, não era de R$300milhões? E prometeu dar rumo a Londrina para os próximos 20 anos graças as “medidas” que estão sendo tomadas.

Uma delas, ele não fala, mas é. O reajuste na planta de valores que vai levar o IPTU de muitos imóveis às alturas. Podem escrever. Em janeiro, teremos um pico de reclamações e talvez uma inadimplência histórica.

No entanto, Marcelo Belinati garante que o londrinense ficará de “queixo caído”. Palavras dele hein.

O cidadão nem é tão exigente assim. Está indignado com a incapacidade da prefeitura de resolver pequenos problemas. O lixo acumulado quase todos os dias. O calçadão deteriorado, sem pintura, com mobiliário sucateado, pedras soltas no chão, floreiras quebradas. Bueiros entupidos e buracos.

As lixeiras tortas, ou arrancadas, muitas vezes jogadas no chão. Os galhos que caíram com o temporal de novembro ainda secando pelas calçadas. As inúmeras ruas sem sinalização. A falta de onda verde para dar fluidez ao trânsito em ruas e avenidas.

O prefeito diz que tudo isso vai mudar. Vai reestruturar o quadro de recursos humanos. Recompor o déficit de 227 médicos na rede. “Vamos empinar a pipa”.

Mas atenção. Isso não é do dia pra noite. É impossível contratar tanta gente assim sem estudo de impacto financeiro. Nem o reajuste do IPTU da conta.

Marcelo diz que Londrina vai colher em 2018 o que plantou hoje. Então anotem ai pra cobrar depois.

Na habitação a construção de 1.300 unidades habitacionais com R$125 milhões de investimentos.

Na educação, mais recursos do FNDE- Fundo Nacional para o Desenvolvimento da Educação para construção de seis Centros de Educação Infantil. Lerroville vai ganhar uma.

Detalhe: O custo será com recursos do governo federal. Porque vai ampliar a fatia de Londrina no bolo do Ministério da Educação.

Belinati anunciou ainda: CTI- Centro de Tecnologia de Informação e ABDI.

Saúde

Reforma de mais de 30 UBS, reforma PAI, Maternidade Municipal, construção da Sede do SAMU – ao lado da rodoviária, cartão saúde (prontuário eletrônico) impensável não existir ainda;

Infraestrutura viária

Viaduto da Av. Dez de dezembro com AV. Leste Oeste.

E em busca de dinheiro para viaduto da av. Maringá com Ayrton Senna e Av. Rio Branco com Leste Oeste.

Belinati também promete projeto para a duplicação da Amitas de Barros que segue até a Souza Naves.

E ainda diz que vai anunciar o maior programa de recuperação asfáltica de Londrina.

Se quiser conferir, a entrevista completa está no meu Facebook.

  

© Copyright 2022 Grupo Tarobá