Linha 4

Publicidade

Mês da Mulher tem programação digital variada em Londrina

Redação Tarobá News

Divulgação/Prefeitura de Londrina

A Prefeitura de Londrina divulgou, na manhã desta segunda-feira (1º), a programação das atividades do Mês da Mulher, iniciativa organizada pela Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres (SMPM). Durante o mês de março, novos eventos poderão ser incluídos na agenda, que conta com palestras, curso, encontros, ações de sensibilização, lives, debates e a participação de diversas entidades.

O objetivo é oportunizar espaços para a divulgação dos direitos da mulher e dos serviços ofertados pelo Município e por toda a rede de apoio às mulheres, assim como chamar a atenção da sociedade para a situação das mulheres durante a pandemia. Com isso, a Prefeitura de Londrina espera fortalecer os três eixos centrais da pasta, que são a autonomia, valorização e capacitação para o mundo do trabalho; a prevenção e enfrentamento à violência; e a saúde e bem-estar da mulher.

Segundo a secretária municipal de Políticas para as Mulheres, Liange Doy Fernandes, todas as entidades, empresas e instituições que desejam ser parceiras da Prefeitura de Londrina, nas ações em prol do Mês da Mulher, estão convidadas para participar. Para isso, basta entrar em contato com a pasta, pelo (43) 3378-0111 ou mandar uma mensagem para [email protected] Também é possível agendar um horário para o atendimento presencial, na sede da Secretaria, que fica na Rua Valparaíso, esquina com a Avenida Higienópolis.

“Nós conversamos com as entidades participantes da rede de enfrentamento à violência contra a mulher e as instituições interessadas em debater os direitos femininos, para que todos pudessem participar. Nossa intenção é chamarmos a atenção da sociedade para as questões referentes ao público feminino, principalmente sobre as mudanças acometidas com a chegada da pandemia do novo Coronavírus. Por isso, contamos com uma gama bastante diversificada de ações na programação londrinense”, explicou Fernandes.

Na organização dos eventos, o Município conta com a ajuda do Conselho Municipal Dos Direitos das Mulheres (CMDM); Tribunal de Justiça do Estado do Paraná (TJ/PR); Ministério Público do Paraná (MP/PR); Delegacia da Mulher; Conselho Regional de Farmácia do Estado do Paraná (CRF-PR); Comissão Da Mulher Advogada da Ordem dos Advogados do Brasil, subseção de Londrina (OAB/PR); Câmara de Vereadores; instituições de Ensino Superior de Londrina e estações de rádio da cidade, entre outras organizações.

Programação – A partir de hoje (1º) até o final deste mês, as integrantes da Feira Arte Mulher receberão a ajuda dos graduandos da Unopar,  na segunda edição da Campanha Publicitária de Apoio ao Empreendedorismo Feminino. Com a ajuda desses estudantes, as feirantes divulgam seus produtos em plataformas digitais, como Instagram, Facebook, Whatsapp e outras mídias, de forma mais profissionalizada. Isso tem ajudado as mulheres a continuarem gerando renda, mesmo durante o período de crise causada pela pandemia do Coronavírus.

Outra iniciativa que está acontecendo durante o mês é a capacitação dos conselheiros municipais dos Direitos da Mulher de Londrina. Eles estão participando de um curso que aborda o Planejamento, Gestão e Controle Social de Políticas Públicas, assim como os avanços e conquistas dos movimentos organizados por mulheres referentes às políticas públicas. As aulas são ministradas todas as quintas-feiras, pelos professores da Universidade Estadual de Londrina (UEL) e convidados do Brasil inteiro. Mais de 50 vagas já foram preenchidas.

Ainda nesta semana, na sexta-feira (5), das 8h às 11h, será transmitida pela Plataforma do Google Meet uma oficina de formação para os profissionais da rede municipal de educação. Eles aprenderão mais sobre a Política de Prevenção e Enfrentamento à Violência contra as Mulheres e a Rede Municipal de Proteção. Assim, munidos de mais informações, poderão ajudar mais vítimas de violência doméstica a identificarem sua situação e buscarem ajuda de profissionais especializados. A organização dessa ação cabe à Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres e tem o apoio da Secretaria Municipal de Educação. Entre as palestrantes, estão a diretora de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres da SMPM, Lucimar Rodrigues, a assessora de Planejamento e Gestão da SMPM, Elaine Galvão e a psicóloga da SMPM, Jerusa Crespo.

No domingo (7), às 8 horas, a comunidade poderá acompanhar a programação da Rádio Brasil Sul, AM 1290, que abordará o tema “Mulheres em Tempos de Pandemia”. As representantes do Coletivo Evangélicas pela Igualdade de Gênero (EIG) Londrina e Nacional vão conversar sobre os desafios das mulheres durante o isolamento social, abordando questões profissionais, conjugais e de relacionamento com os filhos e outros familiares. A discussão também abordará a garantia dos direitos das mulheres em tempos de crise e as formas de ajuda que as vítimas de violência podem encontrar em Londrina e no estado do Paraná.

Na próxima segunda-feira (8), haverá o lançamento da Campanha “Ela superou, você também pode”, promovida pela Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher de Londrina (DEAM) em parceria com o CAM e a SMPM. A intenção é repercutir um vídeo, que traz o relato de uma mulher que sobreviveu a violência doméstica e que hoje alerta outras vítimas a fazerem o mesmo. O vídeo será transmitido nas redes sociais da DEAM .

Ainda no dia 8 de março, das 19h às 21h, acontecerá a Live Show Bem-Ditas, que comemorará o Dia Internacional da Mulher. A apresentação será transmitida via Facebook e reunirá cantoras, poetisas e musicistas de Londrina. A intenção é lembrar as conquistas obtidas pelas mulheres e aquelas que ainda estão em construção, e por isso não podem deixar de serem lembradas. Toda a comunidade está convidada para assistir à apresentação organizada pelo CMDM, UEL, SMPM e Secretaria Municipal de Cultura (SMC).

Além do show on-line, do dia 8 a 12 de março, a partir das 19 horas, as mulheres poderão aprender alguns movimentos de dança e de autodefesa. As aulas serão transmitidas pelo canal de Youtube da Fundação de Esportes de Londrina (FEL) e são uma iniciativa da FEL com a SMPM. Para saber mais clique aqui ou acesse o Facebook da FEL aqui. 

Na terça-feira (9), das 9h às 10h, será realizada a palestra “Violência contra a Mulher: conhecer para enfrentar” com a secretária municipal de Políticas para as Mulheres de Londrina, Liange Doy Fernandes. A ação é direcionada aos alunos do ensino médio e visa abordar a violência contra a mulher sob o aspecto cultural e mostrar as formas de prevenção e de enfrentamento.

Ainda na terça-feira (9), às 14h30, a comunidade em geral poderá acompanhar a solenidade alusiva ao Dia Internacional da Mulher, que os vereadores de Londrina conduzirão durante a sessão ordinária da Câmara Municipal. Durante a tarde, a Comissão dos Direitos da Mulher do CMDM/SMPM e os vereadores falarão sobre a representatividade das mulheres na política londrinense. A transmissão será pelo site da CML e pelos canais do Legislativo no Facebook e Youtube, assim como já vem acontecendo desde o início da pandemia do Coronavírus.

Outras ações fazem parte da programação, como a capacitação para os profissionais do município de Jacarezinho, que acontecerá na quarta-feira (10), das 13h30 às 17h30. O objetivo é colaborar com a implantação do trabalho em rede para a prevenção e enfrentamento à violência contra as mulheres naquele município. Para tanto, as servidoras da rede de enfrentamento à violência contra a mulher de Londrina e integrantes do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná promoverão uma oficina no Google Meet, para ajudar os profissionais de Jacarezinho. Durante todo o mês de março, a Prefeitura de Londrina divulgará essas e outras atividades com mais detalhes.

N.Com

COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade