Linha 4

Publicidade

Cultura divulga resultado final da seleção de projetos audiovisuais

Redação Tarobá News

Ilustrativa

A Secretaria Municipal da Cultura divulgou o resultado final da seleção de projetos culturais – Londrina Cidade Criativa Audiovisual: 85 anos – rumo ao ano 100, relacionado ao Edital de Chamamento Público nº 008/2019. Além dos projetos selecionados, o documento exibe o resultado das decisões quanto aos recursos apresentados e os que foram inabilitados. O documento está disponível no Jornal Oficina nº 4.094, página 9.

Foram dez projetos selecionados e suplentes na Linha Desenvolvimento de Projetos de Roteiros de Obras Audiovisuais; dois na Linha Produção de Telefilme (Ficção ou Documentário); um na Linha Produção de Longa-metragem (Ficção ou Animação); um na Linha Produção de Longa-Metragem (Ficção ou Animação), Aporte Complementar; e dois na Linha Produção de Jogos Eletrônicos.

Serão investidos, nos projetos, até R$ 4 milhões provenientes do Fundo Setorial de Audiovisual (FSA). O investimento faz parte do Termo de Complementação assinado entre a Prefeitura de Londrina e a Agência Nacional do Cinema (ANCINE), no âmbito do edital de Coinvestimentos Regionais.

A lista dos selecionados será encaminhada à ANCINE para as providências após a efetivação das condições quanto aos editais locais. O recurso investido é inédito no modelo de incremento regionalizado para a produção, formação e difusão do setor de audiovisual. O edital de Audiovisual – FSA é fruto de mais de dois anos e meio de articulações, sendo, portanto, um marco histórico para Londrina.

O Município está entre as primeiras cidades do interior do Brasil a lançar editais específicos para este segmento, via FSA. Isso foi possível graças ao empenho conjunto da Secretaria Municipal de Cultura, Arranjo Produtivo Local (APL) Audiovisual de Londrina e Região, Conselho Municipal de Política Cultural (CMPC), Sebrae e Associação Comercial e Industrial de Londrina (ACIL). Por essa articulação, o audiovisual é uma das áreas que mais crescem na Economia Criativa local.

Segundo o secretário municipal de Cultura, Caio Julio Cesaro, embora o edital trate de uma linguagem específica, o audiovisual, pela sua natureza, envolve, no seu processo de produção, diversas outras áreas, entre elas o teatro e a música. “Neste sentido, é ampliado o seu potencial de geração emprego, renda e oportunidades”, enfatizou.

COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade