Linha 4

Publicidade

Canto do MARL exibirá diversas apresentações artísticas neste mês

Redação Tarobá News

A Vila Cultural Canto do MARL vai realizar uma mostra de teatro inteiramente on-line e gratuita, entre os dias 11 e 26 de setembro, sempre às 19h. Serão promovidas apresentações de seis grupos residentes da Vila, com transmissão via YouTube. Após as apresentações haverá espaço de bate-papo entre público e artistas.

A Mostra MARL de grupos residentes é uma realização da Vila Cultural Canto do MARL, que conta com o patrocínio da Prefeitura de Londrina, por meio do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Promic) e o apoio do Movimento de Artistas de Rua de Londrina (MARL). A classificação indicativa da mostra é a partir de 14 anos.

Programação completa:

Coletivo Temporário Poéticas em Vão

Dia 11 de setembro às 19h

Link de acesso: https://www.youtube.com/watch?v=_OqlaX9SWLA

Poéticas em Vão é um coletivo temporário composto por Raquel Palma e Stephanie Massarelli, que se propõe a experimentar a linguagem da vídeo performance/vídeo dança, adentrando numa poética livre e subjetiva, trazendo as nuances do dizer com o corpo, seus impulsos e as dificuldades que esse corpo traz nas suas tensões musculares carregados de narrativas de ser mulher. Além do movimento, a experimentação também perpassa a relação com o objeto e suas simbologias.

Processo criativo na Cena Feminista Contemporânea: “Conexões Híbridas e Memórias Marginais” – Coletivo Marcas no Corpo

12 de setembro às 19h

Link de acesso: https://www.youtube.com/watch?v=8tmFE3JNk-0

O Coletivo Marcas no Corpo aborda o processo de criação da performance “Conexões Híbridas e Memórias Marginais” (2019-2020). As performers Renata Santana e Natalia Viveiros comentam sobre a pesquisa artística do coletivo, que passa pela promoção de oficinas gratuitas de teatro, para pessoas que vivenciam ou vivenciaram a mulheridade, bem como tecem reflexões sobre as intersecções da pesquisa artística do coletivo com o movimento feminista.

Vozes anoitecidas – Grupo Caos e Acaso de Teatro /FTO-Londrina

18 de setembro às 19h

Link de acesso: https://www.youtube.com/watch?v=-2DNecsGu-c

Vozes anoitecidas é novo espetáculo do Grupo Caos e Acaso de Teatro /FTO – Londrina que narra a trajetória de dois jovens em meio a uma guerra civil. Ambos partem de suas aldeias em jornadas, buscando, cada qual a sua maneira, fugir dos conflitos da guerra e reconquistar suas humanidades.

Pastel de São Jorge – Grupo Trinca da Comadre

Dia 19 de setembro às 19h

Link de acesso: https://www.youtube.com/watch?v=_edaX7BfO00

Com a abertura de processo de “Pastel de São Jorge”, o Grupo Trinca da Comadre vem compartilhar a realidade de um tio e sobrinho envoltos nos desafios diários pela sobrevivência e manutenção de sua pastelaria, quase falida. Aborda questões latentes como a exploração da força de trabalho e a necessidade de subsistência na sociedade contemporânea, permeadas pelo exercício dos sonhos e de empatia, na dureza cotidiana.

O Amor e a Loucura – Coletivo Funcionário Fantasma

25 de setembro às 19h

Link de acesso: https://www.youtube.com/watch?v=i_V65PtT5HA

Em O Amor e a Loucura, Edna Aguiar narra a história de como a loucura e o amor se tornaram inseparáveis e de como é importante, afinal, que seja assim mesmo entre esses dois. O trabalho foi construído de forma virtual pelo Coletivo Funcionário Fantasma e traz para a tela, de forma lúdica e filosófica, uma travessia pelos sentimentos humanos.

O trabalho promove uma reflexão sobre a importância de dar-se quando se pretende dar e receber amor. É uma reflexão sobre as qualidades desse sentimento maior e uma experimentação, no corpo mesmo, sobre a experiência universal e singular do pensar-sentir. É baseado na história “O Esconde-Esconde dos Sentimentos”, de Waldir Pedro.

Palhaço Marimba, Diego Loman, apresenta Cantos e Causos da Poesia Simples

26 de setembro às 19h

Link de acesso: https://www.youtube.com/watch?v=BrGo3mMTuqY

Marimba é um contador de causos, que nas embrenhas da pandemia já não consegue mais ficar sem contá-los! Com o trabalho da contação de histórias traz consigo algumas raridades para compartilhar com o público e a vontade de passar esses causos para frente, para que essas histórias não sejam esquecidas por esse mundão a fora. A linguagem dos interiores vem misturada com a sutileza contar e cantar ao lado da sua companheira Madalena (Sanfona). O espetáculo virtual conta histórias dos interiores, resgatando a cultura caipira.

COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade