Carnaval de Londrina promete multidão na rua e terá programação infantil

Redação Tarobá News
Cultura | Publicado em 20/02/2020 às 16:13

Em 2020, o Carnaval de Rua do Bloco Bafo Quente foi ampliado tanto em número de atrações quanto em estrutura técnica. O objetivo é levar uma multidão ainda maior para as ruas em uma festa democrática e gratuita.

Serão três dias de programação. No sábado, 22 de fevereiro, o “Bloquinho do CLAC” faz um carnaval para crianças de todas as idades no Zerão (próximo à Av. Aminthas de Barros e ao Sabor&Ar), com atrações das 15 horas às 18h30. No domingo, 23 de fevereiro, o “Trio Elétrico do Bloco Bafo Quente” atravessa Londrina com um cortejo que segue até o Aterro do Lago Igapó; a concentração está marcada pontualmente para as 15 horas no Zerão (na altura do cruzamento das ruas Gomes Carneiro com Sena Martins, em frente à porta traseira do Moringão).

A programação termina na terça-feira de carnaval, 25 de fevereiro, com a “Paradinha do Trio”, marcada para as 17 horas na Praça Nishinomiya (do Aeroporto), com show do CLAC e do BBQ. O projeto é uma realização da APD – Associação dos Profissionais de Dança de Londrina e Região Norte do Paraná e conta com o patrocínio da Secretaria Municipal de Cultura de Londrina por meio do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (PROMIC).

Este ano, a festa tem um tema especial: “Por trás da fantasia, todo mundo é igual”, inspirado na frase de Marcelo Quintanilha eternizada na voz de Daniela Mercury. O objetivo é mostrar como o carnaval, enquanto uma das festas mais potentes no país, tem a ensinar sobre aceitação das diferenças, diálogo e empatia em um tempo de acirradas divisões. “Achamos relevante trazer a questão da diversidade como fator positivo do Brasil, como uma de suas principais marcas que vem somar. Falamos em diversidade em todos os sentidos: étnico, religioso, político, cultural”, explica Guilherme Rossini, coordenador do Bloco Bafo Quente.

O slogan, simbolizado pela multiplicidade de cores, está presente na arte gráfica, no figurino da banda, no repertório e na letra de uma canção autoral feita especialmente para esta edição da folia, chamada “Até chegar a quarta-feira cinza”, de Renato Forin Jr.

O Bloco Bafo Quente sobe no trio com 23 integrantes, entre equipe técnica e músicos, a maioria percussionistas que trazem para o som da banda o peso de uma bateria de escola de samba. Também compõem a sonoridade guitarra, violão, cavaquinho, baixo e três vocais (Gisele Silva, Guilherme Japa e Tiago Bento de Menezes). De acordo com Rossini, este ano a formação do Bloco foi marcado pelo reencontro de músicos de várias gerações do grupo, que nasceu em 2006 como um coletivo de pesquisa sobre percussão com estudantes e egressos do curso de música da UEL. “Esta é a nossa melhor formação até hoje, reunimos para o carnaval muitos músicos que estão morando em outras cidades”, conta.

O repertório é composto basicamente por canções de vários estilos – do samba ao rock, do funk ao ijexá, do pop ao reggae – adaptados para a levada com marcação percussiva de várias timbragens. Da trajetória de 14 anos, em sete deles o Bloco Bafo Quente fez o Carnaval de Rua em Londrina, com shows públicos em diferentes formatos e com patrocínio da Prefeitura, via Promic. A experiência com o cortejo em 2019 mostra que este foi o modelo que a cidade abraçou, por isso repetem a dose.

Programação infantil e encerramento – Outro diferencial desta edição é um dia dedicado especificamente para o público infanto-juvenil e que será conduzido pelos músicos e artistas circenses do CLAC, que comemora 15 anos de atividade. Toda a tarde do sábado (22) será para os pequenos foliões, com inúmeras atividades e brincadeiras, como corrida de saco e oficinas de máscaras e alegorias, além de um irreverente desfile atrás de um triozinho musical que circundará o espaço do Zerão. A banda de palhaços do CLAC, chamada Sol Fa Mi Rir, realiza um show com cantigas de roda, cirandas e marchinhas de várias épocas tanto no sábado (22) quanto antes da apresentação do BBQ na terça-feira (25), na Praça Nishinomiya, a partir das 17 horas. A programação conta ainda com a participação especial do Plantão Sorriso, que faz o show cênico-musical “Bailinho do Plantão” em outro palco na mesma Praça, e com a banda londrinense “Os Beto”, que mostra para o público a marchinha de carnaval inédita “Marcha das Fake News”, composta por Marco Freire Gomes.

Tradicionalmente, o Bloco encerra a programação de rua na Praça do Aeroporto (região leste), com grande quantidade de espectadores vindos de vários bairros. O show este ano, entretanto, não será em palco convencional, mas no próprio trio elétrico, que fará uma “Paradinha” na Praça. Neste encerramento, não haverá cortejo.

Circuito Zerão-Aterro – O domingo (23) é o dia que promete o maior público da programação do Carnaval de Rua. Serão seis horas de shows no circuito do trio elétrico que vai do Zerão (nas proximidades do Moringão) até o Aterro do Lago Igapó, com toda a multidão seguindo o carro musical. A concentração no Zerão está marcada para as 15 horas, mas a partir das 14 horas já haverá som mecânico para aqueles que desejam esticar a farra.

No trajeto, o trio passa por vias como Rua Gomes Carneiro e Av. Higienópolis. O Bloco anfitrião vai conduzir a festa e convida duas bandas da cidade: a Orquestra Ouro Verde e o Bloco Pé Vermelho. Ambas foram escolhidas em um chamamento público em janeiro e que levou em consideração critérios como a qualidade musical do trabalho, a familiaridade do repertório com o carnaval e a potência percussiva.

Como no modelo dos blocos que se transformaram em febre em cidades como São Paulo e Belo Horizonte, o BBQ incentiva os foliões a organizarem coletivos com amigos, familiares ou colegas de trabalho, prepararem fantasias ou alegorias irreverentes, levarem para as ruas estandartes e cartazes. “Já sabemos de muitos grupos de Londrina e de outras cidades que estão preparando bloquinhos divertidos e temáticos. O importante é se divertir, cantar, dançar, dar risada, sempre respeitando a multiplicidade, que é marca do carnaval”, pontua Rossini. Para ajudar na diversão, o BBQ vai distribuir balões, leques e adesivos. O projeto também vai incentivar campanhas de conscientização, como o “Não é não!” (contra a cultura do assédio e a violência dirigida às mulheres), “Recolha seu lixo” (propondo que cada folião leve sacos ou sacolas e dê destinação correta aos seus rejeitos), “Se beber, não dirija” e “Respeite as diferenças” (contra a intolerância étnica, religiosa, ideológica, sexual, dentre outras).

No ano passado, o BBQ propagou campanhas como estas e o resultado foi muito positivo. Foi um carnaval familiar, animado e em paz, sem ocorrências violentas registradas. Este ano, segurança e estruturas de base foram ainda reforçadas pelo projeto, com a parceria de diversos órgãos da Prefeitura. “Londrina já teve épocas muito boas de carnaval e ficou um hiato de alguns anos. Percebemos, principalmente no ano passado, como a população tem valorizado a festa. É notável o aumento de eventos e manifestações. A gente fica muito feliz porque acreditamos que plantamos uma semente. Sempre foi um sonho que Londrina se tornasse um polo turístico no carnaval”, finaliza o coordenador do Bloco Bafo Quente.

Serviço:

Carnaval de Rua de Londrina 2020 – Bloco Bafo Quente

*Toda a programação é gratuita

Bloquinho do CLAC

Data: 22/02 (sábado)

Horário: 15 horas

Local: Zerão (próximo à academia ao ar livre, Sabor&Ar e Av. Aminthas de Barros)

Trio Elétrico do Bloco Bafo Quente

Data: 23/02 (domingo)

Horário: 15 horas

Local: Trio itinerante no Circuito Zerão-Aterro

Concentração no Zerão (Cruzamento da Rua Gomes Carneiro com Sena Martins, em frente ao Moringão). Chegada bem no centro do Aterro do Lago Igapó

Paradinha do Trio com Bloco Bafo Quente e CLAC

Data: 25/02 (terça-feira)

Horário: 17 horas

Local: Praça Nishinomiya (Av. Santos Dumont, praça em frente ao Aeroporto, bairro Novo Aeroporto)

Com N.Com



Relacionados

Cultura | 25-03-2020 07:12

À espera da inspiração que surgirá

À espera da inspiração que surgirá

Londrina | 20-03-2020 18:17

Programada para junho, Expo Japão também é adiada em Londrina

Programada para junho, Expo Japão também é adiada em Londrina

Cultura | 18-03-2020 07:10

Governo de SP quer amenizar perdas do setor cultural

Governo de SP quer amenizar perdas do setor cultural

Cascavel | 13-03-2020 09:19

Agenda Cultural: confira os principais eventos para o fim de semana

Agenda Cultural: confira os principais eventos para o fim de semana

PUBLICIDADE