Londrix tem atrações culturais o dia todo no último dia

Redação Tarobá News
Cultura | Publicado em 11/05/2019 às 09:06

O último dia do Festival Literário de Londrina (Londrix) traz uma agenda cheia neste sábado (11).  Várias atividades culturais estão programadas pela manhã e tarde no Museu Histórico de Londrina.

A programação no museu começa às 10 horas, com o 2º Encontro Clube de Leitura “Ler pra quê?” Com a participação de Alyne Perrota, Dany Fran, kelly Shimohiro, Raphaela Tasmo Rodrigues, Vizette Priscila Seidel e Natália Machado.

Também às 10 horas, o Sarauzinho (Infantil) faz sua última apresentação no festival com o palhaço Arnica, Palhaça Malagueta e Palhaço Mequetrefe.

Às 11 horas, Maria Helena de Moura Arias estará autografando seu livro “Chove chuva chuá”.

Às 16 horas, um dos debates mais esperados com o escritor João Anzanello Carrascoza e a fotógrafa Juliana Monteiro, que estarão autografando o livro “Catálogos de Perdas”, que reúne contos e Carrascoza e fotos de Juliana, num processo de criação híbrido. Os autores vão falar sobre os trânsitos e conexões entre a imagem e a palavra.

Às 17 horas, Café das Letras traz o lançamento do livro, “Pedras Paus & Pétalas”, do professor aposentado Moacyr Eurípedes Medri. A obra abrange a questão racial, com foco principal na discriminação sofrida por duas professoras afrodescendentes no Norte do Paraná nos anos 40 e também no racismo aos imigrantes que ajudaram a construir a região em um contexto geral. O livro é inspirado em lembranças que o autor tem das professoras Clementina e Catarina.

Às 18 horas debate Autoras Londrinenses: Cartografias Femininas com o Coletivo Versa, formado por mulheres que buscam fomentar o diálogo da literatura de autoria feminina com outras artes, além de promover saraus e buscar, por meio de pesquisas, mapear e conhecer as mulheres que estão fazendo a literatura londrinense

A partir das 21 horas, o encerramento da 15ª. Edição do Londrix -  Festival Literário de Londrina será embalado por muito samba e jantar africano que prometem agitar a Vila Cultural Cemitério de Automóveis. Ainda haverá uma homenagem à Yá Mukumby, ativista do movimento negro já falecida.

A cantoria será puxada por Joaquim Braga, o Braguinha, acompanhado da filha Luiza Braga. Terá ainda a participação especial de Tião Carvalho, músico maranhense que há anos compartilha a cultura de sua terra com Londrina. O ritmista, professor e mestre de bateria Mau Werner, marca presença puxando o Samba de Roda com músicos convidados.

O jantar africano será por adesão. Para quem chegar até às 23 horas, o convite custará apenas R$ 10. Após 23 horas, R$ 15.

Adesão pelo e-mail producaolondrix2019@gmail.com.




Relacionados

Cascavel | 12-06-2019 09:44

Palavra mágica: Oficina de criação poética

Palavra mágica: Oficina de criação poética

Cascavel | 12-06-2019 09:42

Vem aí o 30º Festival de Música de Cascavel

Vem aí o 30º Festival de Música de Cascavel

Cultura | 11-06-2019 13:50

Obra de Da Vinci considerada a mais cara do mundo estaria com ditador saudita

Obra de Da Vinci considerada a mais cara do mundo estaria com ditador saudita

Londrina | 07-06-2019 10:35

Pássaro Azul será apresentado na Triolé no fim de semana

Pássaro Azul será apresentado na Triolé no fim de semana

PUBLICIDADE